O Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
Dolce Vita
[ Inquéritos ][ Fórum ][ Farmácias ][ Futebol ][ Agenda ][ Tempo ][ Pesquisa ][ Assinaturas ][ Publicidade ][ Ficha Técnica ][ Horóscopo ]
Transmontanos e Durienses +
Noticias do Douro
Pesquisa
Livro

Transmontanos e Durienses +

T


TORRÃO, Júlio Delfim

nasceu a 23/06/ /1938 em Cicouro, concelho de Miranda do Douro. Fez a 4ª classe com distinção na aldeia onde nasceu e aí viveu até cumprir o Serviço Militar em 1959/60. Em 1961 alistou se na P.S.P.. Integrado na 5a Companhia Móvel da RS.P. é destacado, em comissão de Serviço, para Moçambique, onde permaneceu durante 14 anos, exercendo 6 como polícia e 8 como oficial administrativo. Aí tentou conciliar a actividade profissional, a defesa dos interesses familiares e a prossecução dos estudos. Persistente, como todo o bom mirandês, elegeu os livros e o permanente esforço pessoal para atingir o acesso à Universidade, o que conseguiu em 1973, em Lourenço Marques, onde então trabalhava na Procuradoria da República com cargo de chefe de secção. Com a revolução do 25 de Abril de 1974, viu se forçado a regressar a Portugal, mas não abandonou o desejo de ir mais longe nos estudos. Colocado na Escola Secundária de Montemor o Velho, onde chefiou os Serviços Administrativos, concluiu a licenciatura em Direito na Universidade de Coimbra em 1980 e, consequentemente, o estágio em advocacia. Na carreira administrativa, entre 1983 e 1999 desempenhou as funções de Inspector administrativo e financeiro do Ministério da Educação, na Delegação Regional de Coimbra, assumindo a coordenação do sector nos últimos seis anos. Como formador foi três vezes a Cabo Verde dar formação a novos inspectores daquele país com mais dois colegas. Foi Presidente da Assembleia Municipal de Montemoro Velho, durante quatro anos e desempenha há mais de dez anos consecutivos o cargo de Presidente da Mesa da Assembleia Geral da Cooperativa de Habitação Económica Tricana Conimbricense, sedeada em Coimbra, através da qual apadrinhou, com
muita carolice e canseiras desmedidas, a construção de três blocos com 66 habitações e 4 lojas, na vila de Montemor o Velho. Colabora com a imprensa local e regional, escrevendo, com certa regularidade, artigos sobre temas simples e alguns recados políticos à mistura. Embora viva e exerça a advocacia em Montemor o Velho, nunca esqueceu o torrão natal, onde reconstruiu os velhos casebres de seus avós maternos, livrando os da condenação à ruína total como parece estar a maior parte do velho casario da aldeia de Cicouro.
Domingos Raposo


In iii volume do Dicionário dos mais ilustres Trasmontanos e Alto Durienses,
coordenado por Barroso da Fonte, 656 páginas, Capa dura.
Editora Cidade Berço, Apartado 108 4801-910 Guimarães - Tel/Fax: 253 412 319, e-mail: ecb@mail.pt
Preço: 30€

(C) 2005 Notícias do Douro - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Design: Notícias do Douro. Email do Jornal: noticias.do.douro@netc.pt