O Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
Dolce Vita
[ Inquéritos ][ Fórum ][ Farmácias ][ Futebol ][ Agenda ][ Tempo ][ Pesquisa ][ Assinaturas ][ Publicidade ][ Ficha Técnica ][ Horóscopo ]
Transmontanos e Durienses +
Noticias do Douro
Pesquisa
Livro

Transmontanos e Durienses +

M


MONTEIRO, Baslio Pereira

Nasceu em Burscheid, Alemanha, no dia 25.04.75. Filho de emigrantes portugueses, com oito anos de idade, regressou com os pais e fixou-se em Eiró Boticas, terra dos seus progenitores. Frequentou a Escola primária de Boticas e depois o Ciclo na (Escola C+S) dessa vila transmontana até ao 9° Ano. Depois... foi para Chaves frequentar o curso técnico de Serviços Comerciais, tendo terminado o curso com a média de 13 valores. Com apenas 18 anos de idade alistou se como voluntário para o serviço militar no DRM de Vila Real. Assentou praça e foi incorporado no curso de formação de Sargentos no 1°T/94 na Escola Prática do Serviço de Material, tendo sido reclassificado em Mecânico Viaturas Rodas, com a classificação de 16, 03 valores. Em 5/04/94 foi colocado no BIMEC "Batalhão de Infantaria Mecanizado" no Campo Militar de Santa Margarida. Desempenhou nessa Unidade funções na secretaria de Manutenção Auto e posteriormente na instrução de novos recrutas, tendo ainda frequentado o estágio, com aproveitamento, de "Condução Viaturas Blindadas de Transporte de Pessoal". Com a inusitada vontade de ir mais além prestou provas para o curso de páraquedistas, o qual terminou em 11/11/94, na Escola de Tropas Aerotransportadas em Tancos, com aproveitamento. Em 18 09 95 foi colocado no Regimento de Infantaria 19 em Chaves, com o cargo de adjunto do Chefe de Reabastecimento e responsável pela compra de todos os tipos de material para essa Unidade Militar. Durante o tempo que prestou serviço militar teve os postos de 2° Furriel, Furriel e 2° Sargento. Foi louvado e condecorado com a medalha de mérito físico. Em Novembro/96 transitou para a polícia de Segurança púbica, tendo terminado o curso como guarda de 2' classe na Escola Prática de Santarém em Junho/97. Logo em Julho desse mesmo ano foi colocado na 21a Esquadra "Campolide" – 3ª Divisão do Comando de Lisboa. Após o "Baptismo de Fogo", como soe dizer se, nessa força policial foi acumulando serviços e responsabilidades. Frequentou o curso da Ordem Pública da P.S.P. e foi colocado no Corpo de Intervenção, onde prestou serviço em Lisboa durante ano e meio, tendo tomado parte em serviços de alto risco como manifestações, desafios de futebol, rusgas a bairros degradados e Segurança de Altas individualidades como por exemplo sua Santidade o papa João Paulo II. E nas horas vagas? O estúpido divertissement não o seduz. Vai trabalhar para os Bombeiros Voluntários de Boticas, onde foi admitido com o posto de cadete aos 14 anos de idade. Foi promovido a aspirante aos 18. Tirou nessa altura o curso de 1.os Socorros da Cruz vermelha Portuguesa. Em 1998 foi promovido a Bombeiro de 2ª classe. Em 10 de Junho de 2001 foi condecorado com a medalha de Prata por dez anos efectivos de bons serviços com o lema dos Bombeiros que é "Vida por Vida". Pelo seu exemplo de dedicação ao dever e amor ao próximo, é sem dúvida, em nosso entender, digno de constar no painel dos mais ilustres transmontanos.
Porfírio Maio Agostinho


In iii volume do Dicionário dos mais ilustres Trasmontanos e Alto Durienses,
coordenado por Barroso da Fonte, 656 páginas, Capa dura.
Editora Cidade Berço, Apartado 108 4801-910 Guimarães - Tel/Fax: 253 412 319, e-mail: ecb@mail.pt
Preço: 30€

(C) 2005 Notícias do Douro - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Design: Notícias do Douro. Email do Jornal: noticias.do.douro@netc.pt