O Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
Dolce Vita
[ Inquéritos ][ Fórum ][ Farmácias ][ Futebol ][ Agenda ][ Tempo ][ Pesquisa ][ Assinaturas ][ Publicidade ][ Ficha Técnica ][ Horóscopo ]
Transmontanos e Durienses +
Noticias do Douro
Pesquisa
Livro

Transmontanos e Durienses +

L


LAGES, Gualdira Rebelo da Silva

nasceu em Boticas em 1931. Começou a dedicar se à pintura aos dez anos. Já em idade adulta fixou se em Sintra, residindo actualmente no Cacém. Toda a sua vida profissional foi gasta numa exclusiva dedicação ao mundo da confecção e da moda, interessando se pela pintura em tecido. E foi com este gosto que já numa fase tardia ingressou na Universidade da terceira idade, em 1994, desenvolvendo a pintura em aguarela, acrílico e óleo sobre tela. No ano de 2000 participou numa mostra no Centro de turismo de Boticas. E de 1 a 31 de Junho de 2002 esteve à mercê do público na Galeria Faustino, em Chaves.
LAGO, Bernardo Baptista da Fonseca Sousa e Sá Pereira do nasceu em Bragança, a 4 de Junho de 1784, filho de Bernardo Baptista da Fonseca. Alistou se no Exército como tenente em 27 de Agosto de 1808 e foi promovido a capitão a 6 de Junho de 1811, tendo feito todas as campanhas da Guerra Peninsular com o regimento de Infantaria 15, distinguindo se nos cercos de Badajoz e Ciudad Rodrigo, nas batalhas de Salamanca e Vitória, bem como
no cerco ao forte de Burgos. Saiu destas odisseias tão ferido, que durante dois anos foi obrigado a usar muletas. Devido a esses ferimentos, foi mudado para um Regimento de Cavalaria, onde será promovido a major graduado, a 20 de Janeiro de 1819, e a tenente coronel, a 22 de Junho de 1821. Condecorado com a medalha de 4 campanhas da Guerra Peninsular, obtém a mercê de comendador da Ordem de Avis, mas nada impede que depois da revolta que passou àHistória com o nome de "Abrilada", tenha sido afastado do exército, mantendo se nessa situação até 1826. Reintegrado em 1826, é promovido a coronel a 9 de Julho de 1827, ficando a prestar serviço na Cavalaria 10 (Santarém). Aderiu á revolução de 1828 que se opunha a D. Miguel 1, e sob o comando do general Refóios tomou parte nos combates da Cruz de Morouços e Ponte de Águeda, onde as forças defensoras do Liberalismo saíram derrotadas, sendo obrigado a refugiar se na Galiza e partir posteriormente para o exílio, em Inglaterra. Consegue enquadrar se no exército que conquistou a Ilha Terceira e impôs a lei de D. Pedro IV nos Açores, vindo também para o Continente como parte integrante dos chamados "Bravos do Mindelo". Durante o cerco do Porto, toma parte activa na batalha de Ponte Ferreira e noutras acções, em que ficou bem patente sua bravura e audácia. Foi nomeado brigadeiro, para a reforma, em Setembro de 1833. Na sua vida particular saliento o seu casamento, a 20 de Outubro de 1800, com D. Ana Corrêa de Sá Castro e Sepúlveda, filha de Manuel Jorge Gomes de Sepúlveda, alcaide mor de Trancoso, tenente general, membro do Conselho de Guerra e de sua mulher, D. Joana Corrêa de Sá Castro Vasconcelos e Benevides, que lhe dá vários filhos, entre os quais o primogénito que foi o 2° Barão. Recebeu o título de Barão de Santa Bárbara por Decreto de 20 de Outubro de 1840, assinado por D. Maria II, e morreu a 4 de Junho de 1858. Seu filho, António Manuel da Fonseca e Sousa Sá Moraes Pereira do Lago, renovou o título de 2° Barão de Santa Bárbara por Decreto assinado por D. Fernando de Saxe ou D. Fernando Il, na regência da menoridade de D. Pedro V, a 9 de Abril de 1855. Assentou praça quando seu pai se viu reintegrado no Exército, a 1 de Novembro de 1828, no Regimento de Cavalaria 8. Acompanhou seu pai em toda a trajectória já descrita, inclusive na expedição liberal que conquistou a Ilha Terceira ao governo absolutista, já promovido a alferes, a 11 de Outubro de 1831. Combateu em várias acções notáveis, mas foi feito prisioneiro pelas forças de D. Miguel I, a 29 de Outubro de 1832, e encarcerado na Torre de S. Julião da Barra, donde o libertou o Duque da Terceira, continuando António Pereira do Lago a combater até ao fim da Guerra Civil. Tendo sido promovido a tenente, em 8 de Julho de 1833, passou a capitão, em 1 de Setembro de 1837, graduado a major, em 24 de Abril de 1851, sobe para tenente coronel, para a reforma, em 21 de Julho de 1843. Era comendador da Ordem de Cristo e cavaleiro da Ordem de Avis. Faleceu a 20 de Novembro de 1869, ignoro se em Lisboa, se em Bragança. Cabe aqui uma referência também ao Barão de Sanhoane, José de Sousa Pimentel de Faria, filho de Raimundo José de Carvalho de Sousa Pimentel, que nasceu em S. João de Lobrigos (Santa Marta de Penaguião), em 1783. Assentou praça em 26 de Janeiro de 1797 no Regimento de Artilharia 4 e foi promovido a tenente para Caçadores 4 em 9 de Setembro de 1808, e logo para major para o regimento de Milícias do Porto, a 29 de Novembro de 1809, tomando parte na Guerra Peninsular com este posto. Em 1828 abraça a causa liberal e acaba exilado em Inglaterra. Tomando parte na fracassada conquista da Ilha Terceira, passa a viver na cidade francesa de Dinan, onde comandou o depósito de refugiados portugueses. Acaba como um dos "Bravos do Mindelo". Em 1842, a 18 de Janeiro, atinge o posto de brigadeiro e passa a efectivo a 3 de Junho de 1845. Foi deputado da Nação em 1840, comendador das Ordens de Torre e Espada e de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa, cavaleiro da de S. Fernando, em Espanha, e condecorado com a medalha da Guerra Peninsular, algarismo 2. Casou com D. Joana Perpétua de Sousa Pimentel, sua parente, de quem teve descendência. O título foi lhe concedido por decreto de 16 de Junho de 1845, assinado por D. Maria II, e morre a 20 de Novembro de 1847.
Eduardo Proença Mamede


In iii volume do Dicionário dos mais ilustres Trasmontanos e Alto Durienses,
coordenado por Barroso da Fonte, 656 páginas, Capa dura.
Editora Cidade Berço, Apartado 108 4801-910 Guimarães - Tel/Fax: 253 412 319, e-mail: ecb@mail.pt
Preço: 30€

(C) 2005 Notícias do Douro - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Design: Notícias do Douro. Email do Jornal: noticias.do.douro@netc.pt