O Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
Dolce Vita
[ Inquéritos ][ Fórum ][ Farmácias ][ Futebol ][ Agenda ][ Tempo ][ Pesquisa ][ Assinaturas ][ Publicidade ][ Ficha Técnica ][ Horóscopo ]
Transmontanos e Durienses +
Noticias do Douro
Pesquisa
Livro

Transmontanos e Durienses +

F


FERREIRA GIBÃO, António Lobo Barbosa Teixeira

Nasceu em Vilarinho de S. Romão, a 5 de Novembro de 1785. filho do morgado António José Girão Teixeira Lobo de Barbosa e de sua mulher, D. Teresa Luisa de Jesus de Souza Maciel. Sucedendo a seu pai em 1812, foi deputado por Trás-os-Montes às Cortes Constituintes de 1820 e, depois, deputado às Cortes por Vila Real e Bragança. Em 1823 recolheuse à pacatez de sua Casa, onde se conservou até começarem as perseguições aos liberais pelos ministros de D. Miguel I, conseguindo andar homiziado pelo espaço de cinco anos, findos os quais e restabelecido o sistema constitucional, voltou à vida política activa e foi elevado a par do Reino. A 11 de Maio de 1808 casou com sua prima D. Margarida Libânia de Souza Teixeira Girão, filha do senhor da Casa do Outeiro, em Oliveira do Douro, António Caetano de Souza Faria Mansilha e de sua mulher, D. Maria de Lacerda Teixeira Lobo Girão, de quem não teve geração. O título de Visconde de Vilarinho de S. Romão foi lhe concedido por Decreto de 17 de Setembro de 1835, pela Rainha D. Maria II. Foi fidalgocavaleiro da Casa Real, do Conselho de Sua Majestade Fidelíssima, comendador da Ordem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa, 8° senhor do morgado de Vilarinho de S. Romão, sócio da Academia real das Ciências e administrador da Casa da Moeda. Mas no que António Ferreira Girão mais se evidenciaria foi como importante agricultor e economista, tendo publicado mais de uma dezena de obras sobre esta temática, tido como uma das principais vozes em Portugal de então. Faleceu o 1° Visconde em Lisboa, a 17 de Março de 1863. Sucedeu lhe o sobrinho, Álvaro Ferreira Teixeira Carneiro de Vasconcelos Girão. que nasce no Porto a 28 de Março de 1822, e morreu a 22 de Outubro de 1879, filho do coronel de milícias da feira, António Ferreira Carneiro de Vasconcelos, senhor de vínculos, e de D. Maria Aurélia Ferreira Girão, irmã do 1° Visconde. O título foi lhe renovado por D. Pedro V, por decreto de 15 de Dezembro de 1860. Foi senhor do Paço de Avioso, senhor do morgado de Vilarinho de S. Romão, do Paço dos Ferreira, no Carregal, par do reino, etc... Casou em 1851 com D. Júlia de Clamouse Brown, filha do grande negociante de vinhos do Porto Manuel de Clamouse Brown, fidalgo cavaleiro da Casa Real. E da Poetisa D. Maria da Felicidade do Couto Brown, com quem Camilo parece ter mantido uma correspondência de amor platónico que levou ao duelo entre o Escritor e o cunhado do Visconde, Manuel de Clamouse Brown, segundo do mesmo nome. Foi 3° Visconde de Vilarinho de S. Romão Luís António Ferreira Teixeira de Vasconcelos Girão, que nasceu a 14 de Agosto de 1859, filho dos tos Viscondes. Foi engenheiro civil e casou duas vezes: a primeira, em 1883, com D. Maria Adelaide Máxima Machado de Lima Soares de Ancede, que nasceu a 19 de Novembro de 1848 e morreu a 16 de Julho de 1903, filha do segundo casamento do 1° Barão de Ancede, José Henriques Soares de Ancede e de D. Ana Máxima de Lima Machado, de quem teve uma filha única; a segunda com sua cunhada, D. Elisa Máxima Machado de Lima Soares de Ancede (1846-1930), de quem não teve descendentes. O título foi(he renovado por D. Luís I, por Decreto de 2 de Fevereiro de 1882. Foi 4° Visconde de Vilarinho de S. Romão, Francisco José Carneiro de Vasconcelos Girão, filho da filha única dos aos Viscondes, D. Maria Júlia de Ancede Ferreira Girão, que nasceu no Porto, a 9 de Março de 1884, e no Porto morrerá a 14 de Janeiro de 1905, e do 4° Barão das Lajes, Luís de Lancastre Carneiro de Vasconcelos (1882-1933). Foi licenciado em Letras pela Universidade do Porto e proprietário, e casou, a 5 de Dezembro de 1945, com D. Maria Rita Ferrão de Castelo Branco, que nasceu a 9 de Agosto de 1908, filha dos 9os Condes da Ponte, de que é primogénita D. Rita Margarida Ferreira Ferrão de Vasconcelos, que nasceu no Porto a 1 de Janeiro de 1948. O 4° Visconde usava o título por alvará do Conselho de Nobreza, de 20 de Abril de 1947.
Eduardo Proença Mamede


In iii volume do Dicionário dos mais ilustres Trasmontanos e Alto Durienses,
coordenado por Barroso da Fonte, 656 páginas, Capa dura.
Editora Cidade Berço, Apartado 108 4801-910 Guimarães - Tel/Fax: 253 412 319, e-mail: ecb@mail.pt
Preço: 30€

(C) 2005 Notícias do Douro - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Design: Notícias do Douro. Email do Jornal: noticias.do.douro@netc.pt