O Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
Dolce Vita
[ Inquéritos ][ Fórum ][ Farmácias ][ Futebol ][ Agenda ][ Tempo ][ Pesquisa ][ Assinaturas ][ Publicidade ][ Ficha Técnica ][ Horóscopo ]
Transmontanos e Durienses +
Noticias do Douro
Pesquisa
Livro

Transmontanos e Durienses +

C


CANAVARRO, Pedro António Machado Pinto de Sousa

nasceu a 30 de Dezembro de 1772 e morreu a 13 de Maio de 1836, filho de Francisco José Machado de Sousa Canavarro e de sua segunda mulher, D. Sebastiana Joaquina Eufrásia Machado Pinto Vaía de Miranda. Foi fidalgo da Casa Real, por sucessão, e 3° senhor do morgado de S. José de Arcossó. nos subúrbios de Chaves. Assentou praça como cadete a 20 de Agosto de 1783 e sucessivamente teve as promoções a alferes (22-IX-1792), a tenente (3-XII-1796), a capitão (17-IX-1808) e a major (28-III-1812), todas para o Regimento de Cavalaria 6. No ano seguinte foi reformado por motivo de doença e só dez anos mais tarde volta a ser reintegrado no Exército, a 28 de Julho de 1823, e colocado no mesmo regimento. No mesmo ano épromovido a tenente coronel, e a coronel em 9 de Julho de 1827. Negando se a servir o governo de D. Miguel I, teve que emigrar para Inglaterra, donde seguiu para os Açores. Foi chefe da de Angra e, em 25 de Abril de 1832, nomeado governador militar da cidade e dos seus fortes e, ainda no mesmo ano, a 24 de Agosto, assumiu o comando das forças estacionadas nos Açores, comando que exerceu até 12 de Março de 1833, data em que regressou ao Continente. Foi graduado em brigadeiro a 25 de Julho de 1833 e a 6 do mês seguinte foi lhe confiado o governo das Armas do Douro, onde se manteve até 29 de Março de 1834. O último cargo militar que exerceu foi o de presidente da comissão criada para liquidar as dívidas aos militares e empregados civis do Exército e que exerceu de 23 de Agosto de 1834 a 10 de Outubro de 1835. Pedro Canavarro casou com D. Luísa Maria Slessor a 23 de Fevereiro de 1802, primeira filha do marechal decampo John Slessor, escocês, comandante do Regimento de Cavalaria de Chaves, e de sua mulher Rita Elisabeth Bristow. Deste casamento nasceram seis filhos, mas nenhum se habilitou ao título que seu pai recebeu. Foi agradecido por Decreto de 1 Outubro de 1835 com o título em sua vida, de Barão de Vila Pouca de Aguiar e, a seu pedido, por Decreto de 2 de Dezembro de 1835, mudado para Barão de Arcossó. Era cavaleiro das Ordens de Avis e da Torre e Espada. Foi seu bisneto João de passos de Sousa Camavarro, fidalgo da Casa Real e grande proprietário do distrito de Santarém, casado com D. Maria Amália do Amaral Cabral Freire Metelo, natural de Coimbra, que tiveram descendência.
Eduardo Proença Mamede


In iii volume do Dicionário dos mais ilustres Trasmontanos e Alto Durienses,
coordenado por Barroso da Fonte, 656 páginas, Capa dura.
Editora Cidade Berço, Apartado 108 4801-910 Guimarães - Tel/Fax: 253 412 319, e-mail: ecb@mail.pt
Preço: 30€

(C) 2005 Notícias do Douro - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Design: Notícias do Douro. Email do Jornal: noticias.do.douro@netc.pt