O Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
Dolce Vita
[ Inquéritos ][ Fórum ][ Farmácias ][ Futebol ][ Agenda ][ Tempo ][ Pesquisa ][ Assinaturas ][ Publicidade ][ Ficha Técnica ][ Horóscopo ]
Transmontanos e Durienses +
Noticias do Douro
Pesquisa
Livro

Transmontanos e Durienses +

A


ARRIBAS, Ângelo

nasceu a 15 de Maio de 1936, em Freixiosa, freguesia de Vila Chã da Braciosa, Concelho de Miranda do Douro. Passou a infância a guardar cabras. Aos sete anos fez a primeira gaita com a pele de um rato e palhas de centeio. Aos 12 anos tocou pela primeira vez, num paga vinho, flauta e tamboril. Por essa altura, fez uma ponteira de pau de figueira, onde se experimentou na arte de gaiteiro. Talhado para a música aproveitava o tempo tocando em latas que encontrava, o que o exercitou para tocar também a caixa (de guerra). Aos 15 anos fez a 3a classe num Curso de Adultos e aos 20 fez a 4.ª na tropa. Dos 16 aos 20 anos, trabalhou em empreitadas nas barragens de Miranda e Bemposta e acompanhou já o Grupo de Pauliteiros de Duas Igrejas do Padre Mourinho, onde tocava caixa e flauta. Depois de cumprir o serviço militar, volta a trabalhar nas barragens mas desta feita como servente de mesa e na cozinha. A partir de 1974, durante 27 anos, trabalha como despenseiro na Pousada da EDP de Picote. Em 1985, dedica se a tocar gaita de foles, o que lhe tem permitido tocar com o seu Grupo "L Son de Ias Arribas", respondendo a solicitações variadas, e actuar com alguns Grupos de Pauliteiros em festivais e acontecimentos importantes (casamento do Duque de Bragança, inauguração do Centro Cultural de Belém,...) e conhecer muitas terras como já aconteceu em Portugal, Espanha, França, Inglaterra, Arábia Saudita, Tailândia, Macau, etc. É autor de um CD com músicas tradicionais de gaita e flauta pastoril, monitor e construtor de instrumentos tradicionais mirandeses (gaitas de fole, flautas, caixas, bombos, tamboris, adufes, castanholas). Como monitor, leccionou já 4 Cursos de Gaita de Foles: 1 no Sul de França para músicos portugueses e franceses; 1 na Associação Cultural de Palaçoulo em 19992000; 1 na Associação Cultural de Cércio em 2000 2001 e 1 no Centro de Música Tradicional "Sons da Terra" de Sendim em 2002. Como construtor, tem participado em muitas feiras de artesanato e notado procura pelas suas peças. Hoje sente se cheio de orgulho, não só por ter ensinado vários jovens a tocar a gaita de foles mas também, e principalmente, por ter transmitido esse gosto aos netos, Dinis de 12 anos e Ana de 20, que já dedilham o instrumento com classe.
Domingos Raposo


In iii volume do Dicionário dos mais ilustres Trasmontanos e Alto Durienses,
coordenado por Barroso da Fonte, 656 páginas, Capa dura.
Editora Cidade Berço, Apartado 108 4801-910 Guimarães - Tel/Fax: 253 412 319, e-mail: ecb@mail.pt
Preço: 30€

(C) 2005 Notícias do Douro - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Design: Notícias do Douro. Email do Jornal: noticias.do.douro@netc.pt