O Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
Dolce Vita
[ Inquéritos ][ Fórum ][ Farmácias ][ Futebol ][ Agenda ][ Tempo ][ Pesquisa ][ Assinaturas ][ Publicidade ][ Ficha Técnica ][ Horóscopo ]
Transmontanos e Durienses +
Noticias do Douro
Pesquisa
Livro

Transmontanos e Durienses +

A


AIRES, Nuno Augusto

nasceu em Cardanha, concelho de Torre de Moncorvo, em 18.8.1948. É Procurador Geral Adjunto no Tribunal Central Administrativo. Fez os estudos secundários em Bragança e em Chaves. Cumpriu o serviço militar entre 1969 e 1972, como oficial miliciano. Fez o curso de Comandos em Lamego, foi colocado nos Açores e foi mobilizado para Cabo Verde. No regresso prosseguiu o curso de direito na Faculdade de Direito de Lisboa, ao abrigo do estatuto de estudante militar e trabalhador. Entre 1975 e 1977 foi professor do ensino secundário na Escola de Olhão e de preceptor na Casa Pia de Lisboa. Em 18 de Março de 1977 ingressou no Departamento das Condições de Trabalho da Direcção Geral da Função Pública, onde permaneceu até à sua nomeação para Agente do Ministério Publico, no Tribunal do Trabalho de Beja (1978). Em 11.9.1979 foi colocado na Comarca de Lisboa, até 1982. Seguiu se o 5° Juízo Cível de Lisboa e 3° Juízo Correcional de Lisboa (1982). De 22.11.1982 a 31.12.1988 trabalhou no 9° Juízo Correcional de Lisboa e até 17.9.1990 no 4° e 14° Juízos Cíveis de Lisboa. Em Julho de 1990 foi promovido a Procurador da República. Esteve ligado a alguns famosos processos, como aquele que ficou conhecido por "Primavera Adiada". Em 9.3.1992 foi transferido, a seu pedido, para os Tribunais administrativos e fiscais, tendo sido colocado no Tribunal Aduaneiro de Lisboa. Por deliberação de 23.5.1996 foi colocado no Supremo Tribunal Administrativo. E em 17.9.1997 foi colocado no Tribunal Central Administrativo, onde ainda se encontra (2002) em funções. Mas entretanto foi promovido a Procurador Geral Adjunto. Também foi vogal do Conselho Superior de Justiça da Federação Portuguesa de Andebol, desde 1992, sendo actualmente vice- presidente. Desde 21 de Março de 2001 é Presidente da Direcção da Casa de Trás os Montes e Alto Douro, de Lisboa. Em 2001, já nessa qualidade, participou e foi eleito Presidente da Direcção da Federação das Casas de Trás os Montes e Alto Douro da diáspora. Igualmente nessa dupla qualidade é Vice Presidente da Comissão Executiva do III Congresso e Presidente da Mesa do mesmo Congresso, realizado em Bragança, entre 26 e 28 de Setembro de 2002.


In iii volume do Dicionário dos mais ilustres Trasmontanos e Alto Durienses,
coordenado por Barroso da Fonte, 656 páginas, Capa dura.
Editora Cidade Berço, Apartado 108 4801-910 Guimarães - Tel/Fax: 253 412 319, e-mail: ecb@mail.pt
Preço: 30€

(C) 2005 Notícias do Douro - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Design: Notícias do Douro. Email do Jornal: noticias.do.douro@netc.pt