O Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
Dolce Vita
[ Inquéritos ][ Fórum ][ Farmácias ][ Futebol ][ Agenda ][ Tempo ][ Pesquisa ][ Assinaturas ][ Publicidade ][ Ficha Técnica ][ Horóscopo ]
Transmontanos e Durienses +
Noticias do Douro
Pesquisa
Livro

Transmontanos e Durienses +

R


RIBEIRO, António Augusto

nasceu no dia 27 de Março de 1926, na freguesia de Marzagão, concelho de Carrazeda de Ansiães, filho de Antero Augusto Ribeiro (agricultor) e de Maria Augusta Lima (doméstica). Viveu na sua aldeia até aos quatro anos e em 1930 emigrou, com os pais e irmão, para Fumel (França) onde fez o 8.° ano de escolaridade. Com o início da Segunda Grande Guerra, em 1939, toda a família regressa ao torrão natal. Em 1940 ingressa no Seminário Menor de Vinhais e em 29.06.51 é ordenado presbítero pelo bispo de Miranda e Bragança, D. Abílio Augusto Vaz das Neves. Nesse mesmo ano o Padre Ribeiro celebra a 1° Missa Nova na sede do seu concelho. em 15 de Julho e a seguirem Marzagão. Foi convidado para se doutorar em Roma e Paris, mas rejeitou as duas hipóteses. porque tinha a seu cuidado o irmão invisual (o pai antes de falecer tinhalhe pedido). Américo Joaquim Ribeiro, que mais tarde veio a casar com Maria do Céu Nascimento. mulher de grande coragem, sendo bafejado com dois sobrinhos: Maria da Conceição e José António, ambos professores do ensino secundário. Devido ao seu perfeito domínio da Língua Francesa, passa os cinco anos seguintes como Professor de Francês no Seminário Menor de Vinhais e depois em vários estabelecimentos de ensino oficial, marcando profundamente, pela competência, muitos dos seus alunos. Em 1956 leccionou no Colégio de S. João de Brito em Bragança, durante quatro anos. Em 1960 foi colocado, como coadjutor, em Moncorvo, sendo ainda pároco de Larinho e Capelão do Asilo e do Convento das Carmelitas. Porém, em 1968, foi transferido, pelo então Bispo de Miranda e Bragança. D. Manuel de Jesus Pereira, para a paróquia de Nossa Senhora da Encarnação, na cidade de Mirandela, onde se encontra há mais de trinta anos e onde tem granjeado admiração, respeito e simpatia pela maioria dos mirandelenses. O Padre Ribeiro, dotado de grande energia e dinamismo, é um homem de acção, dinamizando, ensaiando e promovendo no campo desportivo a juventude, no campo cultural o teatro e grupos corais. Uma das suas preocupações tem sido manter a juventude ocupada em sãs actividades que ajudem os jovens a crescer como homens e cidadãos, assim fundou em Mirandela o CNE (Grupo de Escuteiros) e promoveu encontros e acampamentos regionais e nacionais. Em 1976 a população de Mirandela festejou as suas Bodas de Prata. Foi lhe prestada pública homenagem pelos mirandelenses, ao ocorrerem os 25 anos de permanência em Mirandela, como pároco. Homem lutador, nunca virando a cara aos desafios, teve uma acção tenaz na defesa da velha Igreja Matriz e, apesar da obstrução do bispo diocesano, em que poderá não ser alheia alguma cumplicidade da Câmara Municipal de Mirandela, então chefiada por Marcelo Lago, acabou por erigir a nova Igreja Matriz de Mirandela, aquando da presidência dourada de José Gama, no 1° lustro da década de noventa.
Jorge Lage


In ii volume do Dicionário dos mais ilustres Trasmontanos e Alto Durienses,
coordenado por Barroso da Fonte, 656 páginas, Capa dura.
Editora Cidade Berço, Apartado 108 4801-910 Guimarães - Tel/Fax: 253 412 319, e-mail: ecb@mail.pt
Preço: 30€

(C) 2005 Notícias do Douro - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Design: Notícias do Douro. Email do Jornal: noticias.do.douro@netc.pt