O Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
Dolce Vita
[ Inquéritos ][ Fórum ][ Farmácias ][ Futebol ][ Agenda ][ Tempo ][ Pesquisa ][ Assinaturas ][ Publicidade ][ Ficha Técnica ][ Horóscopo ]
Transmontanos e Durienses +
Noticias do Douro
Pesquisa
Livro

Transmontanos e Durienses +

F


FONSECA, José Maria

Nasceu em 1-04-1937 em Vale das Fontes, concelho de Vinhais. Faleceu em 5-04-2000, após uma operação a um tumor. Ingressou no Seminário Salesiano de Poiares da Régua, em 1948, onde fez os quatro primeiros anos de aspirantado. Em 1952 entrou no noviciado na Casa de Mogofores. Aí fez a primeira profissão religiosa em 16-08-1953.
De 1953 a 1956 frequentou o Curso de Filosofia no Instituto Missionário Salesiano de Manique (Estoril), passando a exercer a docência nas Oficinas de S. José de Lisboa no ano escolar de 1958/59. Após aturada reflexão e de contactos frequentes como o Provincial, P. Armando da Costa Monteiro, decidiu se abandonar a carreira clerical para passar a Irmão Coadjutor. Foi nessa qualidade que, ao longo de 7 anos, trabalhou como professor nas Escolas Salesianas de Artes e Ofícios do Funchal, Colégio de S. Domingos Sávio, de Vendas Novas, e Colégio de D. Bosco, de Macau. Aconselhado depois pelo novo provincial, P Benedito Nunes. acabaria por regressar ao estado clerical em 1965. altura em que partira para o Seminário Maior Salesiano de Sevilha, onde cursou Teologia. entre 1965 e 1969. Em 12 de Abril de 1969, era ordenado pelo presbítero na Catedral do Sevilha pelo Cardeal Bueno Monreal. Nesse mesmo ano partia para Macau como missionário, onde exerceu cargos na direcção pedagógica e na pastoral juvenil no Colégio D. Bosco, ao longo do seu primeiro triénio. No ano de 1973 é nomeado director, permanecendo em Macau até 1976. Regressando à metrópole, o Provincial, P Júlio Pinho, enviao para Roma, onde se licenciou na Faculdade de Teologia da Universidade Pontifícia Salesiana. No seu regresso a Portugal foi colocado como director no Instituto Missionário Salesiano de Manique do Estoril estudantado filosófico e teológico entre 1979 e 1982. Em 1983 passa a director de estudos nas Oficinas de S. José de Lisboa, integrando também a Comissão para a formação vocacional e pastoral juvenil, sendo igualmente docente na Universidade Católica Portuguesa, onde leccionou Catequética: Pedagogia e História. Nesse mesmo ano, depois de muito insistir junto do novo Provincial, P Pacheco, pedia "absentia a domo", sendo lhe autorizado exercer o seu múnus sacerdotal na diocese de Bragança, onde, como já foi dito, viria a incardinar se no ano de 1985. Ao longo destes seus 15 anos, o Prelado nomeou o director do Secretariado da Pastoral; Director Espiritual e Prefeito do Seminário de S. José; director do Secretariado de Educação Cristã nas Escolas e Paróquias e ainda professor de EMRC na Escola Secundária Emídio Garcia, e Pároco e Administrador Paroquial. O seu funeral foi uma grande manifestação de fé e expressou bem ao vivo a prova da simpatia que granjeou entre nós este sacerdote. No final das cerimónias fúnebres, a urna era levada desde a igreja até ao carro funerário pelos seus antigos professores, colegas de curso e antigos alunos salesianos, debaixo de uma prolongada salva de palmas. O prelado acompanhou os restos mortais de P José Maria até ao recinto do Seminário, onde se despediu. Cerca de uma centena de veículos seguiram depois em cortejo o carro fúnebre até Nuzedo de Baixo (Vinhais), sua terra natal, onde ficou sepultado junto a seus pais.
Inocêncio Pereira


In ii volume do Dicionário dos mais ilustres Trasmontanos e Alto Durienses,
coordenado por Barroso da Fonte, 656 páginas, Capa dura.
Editora Cidade Berço, Apartado 108 4801-910 Guimarães - Tel/Fax: 253 412 319, e-mail: ecb@mail.pt
Preço: 30€

(C) 2005 Notícias do Douro - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Design: Notícias do Douro. Email do Jornal: noticias.do.douro@netc.pt