O Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
Dolce Vita
[ Inquéritos ][ Fórum ][ Farmácias ][ Futebol ][ Agenda ][ Tempo ][ Pesquisa ][ Assinaturas ][ Publicidade ][ Ficha Técnica ][ Horóscopo ]
Transmontanos e Durienses +
Noticias do Douro
Pesquisa
Livro

Transmontanos e Durienses +

C


CORGO, Joaquim de Alvações do

dele escreveu o P.e Luis Coutinho: Camilo Castelo Branco, o imortal Camilo, tragédia e comédia e comédia humana, no seu interessante Romance "A Brasileira dos Prasins" fez de Alvações do Corgo a terra natal de Veríssimo Borges Carmelo de Mesquita. Na estante dos clássicos portugueses, o nome de Alvações ficou. assim, com a honrosa condição de imortalidade. Outros nomes e personagens reais. por sua obra e graça, transpuseram os seus limites áeográ%cos do seu tempo. atingindo a "vida eterna" nas lembranças lendárias locais.
Está neste caso o "santo" Padre Joaquim Dias Forte, natural de Alvações. onde paroquiou. Se o processo de canonização começa na romaria do povo, o Padre Joaquim já há muito que por lá entrou com direito a ex votos, missas de promessa e relação dos seus "milagres". Uma das "maravilhas" que mais gravadas ficaram para contar e recontar foi a de que, sendo ele muito magro. o seu cadáver pesava tanto que para o funeral houve necessidade de vários turnos de transportadores. Ainda resta vivo o testemunho pessoal do senhor Reduzindo Pinto da Silva, com velhice cheia de lucidez. O cadáver, que "teria chegado a suar", era para ser sepultado no adro da Igreja, segundo intenção e devoção do sacerdote que fez testamento da sua vontade, ainda em vida. No assento burocrático do seu funeral apenas consta que o Padre Joaquim Dias Forte, filho de Raimundo Forte e de Inês Dias, faleceu com 66 anos de idade, em 10 de Agosto de 1937 e que era solteiro. Do seu celibato nunca ninguém duvidou. Até se diz que, quando se lhe deparava um grupo de mulheres reunidas, ele dava mais uma curva, para não ser visto. Outro registo oficial da sua biografia, com a data republicana de 1911, fala da sua substituição como Presidente da Junta da Paróquia por um tal António do Espírito Santo de Oliveira. Acrescenta o documento civil que a junta da Paróquia passaria a fazer parte integrante da Comissão Municipal Republicana sob a alçada do "cidadão Administrador do Concelho" e que este ficaria controlado pelo Ex.mo Senhor Governador Civil, Malhas que a 1ª República teceu! No cemitério de Alvações, o jazigo do Padre Joaquim tem honras especiais. Destacado ao centro e, segundo as regras protocolares, virado de frente para as campas dos fiéis. Estou convencido que seria útil a elaboração completa e comedida de uma monografia deste sacerdote, do seu estilo de vida e da sua época. Talvez. também. da devoção popular que se levantou em torno do seu nome que atingiu a "vida eterna" nas lembranças lendárias locais.
Luís Coutinho


In ii volume do Dicionário dos mais ilustres Trasmontanos e Alto Durienses,
coordenado por Barroso da Fonte, 656 páginas, Capa dura.
Editora Cidade Berço, Apartado 108 4801-910 Guimarães - Tel/Fax: 253 412 319, e-mail: ecb@mail.pt
Preço: 30€

(C) 2005 Notícias do Douro - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Design: Notícias do Douro. Email do Jornal: noticias.do.douro@netc.pt