O Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
Dolce Vita
[ Inquéritos ][ Fórum ][ Farmácias ][ Futebol ][ Agenda ][ Tempo ][ Pesquisa ][ Assinaturas ][ Publicidade ][ Ficha Técnica ][ Horóscopo ]
Transmontanos e Durienses +
Noticias do Douro
Pesquisa
Livro

Transmontanos e Durienses +

C


CARVALHO, Artur Oliveira de

Nasceu no lugar de Eiró (Boticas), mas muito cedo saiu da sua terra e criou se em Moncorvo, ridente vila do distrito de Bragança. Estudou no Colégio Campos Monteiro, da propriedade e direcção do Dr. Ramiro Salgado, tendo realizado o exame de admissão ao liceu e do 1.° ciclo (2.° ano) no Liceu Nacional de Emídio Garcia. Depois de ter cursado quatro anos os Seminários dos Missionários do Espírito Santo em Godim (Régua) e no Fraião (Braga), foi residir para Luanda, onde se manteve 25 anos, tendo aí cumprido o serviço militar. A sua permanência em Angola só foi interrompida pelo facto de, com pesados sacrifícios, ter vindo cursar a Faculdade de Letras da Universidade Clássica de Lisboa onde se licenciou. De regresso a Angola passou a exercer funções docentes, tendo sido director da Escola Técnica de Cabinda, da Escola Técnica de Henrique de Carvalho (Luanda). professor da Escola Comercial de Vicente Ferreira (Luanda) e neste mesmo estabelecimento de ensino encarregado do Curso Comercial Nocturno. Sendo então 0 professorado profissão muito mal remunerada, tentou ainda a actividade bancária, tendo sido admitido como chefe de serviço de Relações Humanas no Banco Comercial de Angola, o que lhe proporcionou estágio de aperfeiçoamento e de formação em Paris, designadamente no Banco Nacional de Paris e no Crédit Lyonnais. Exerceu também as funções de secretário geral de GREDROFER Grémio dos Materiais de Construção e Ferragens, ferramentas e Artigos de Drogaria de Angola, organismo que, após o 25 de Abril de 1974, teve de mudar o nome para o da respectiva Associação. Sempre se dedicou à escrita em revistas e jornais e, já como primeiro secretário dos Lions Clube de Luanda, foi o encarregado do respectivo Boletim Distrital Servir, ao mesmo tempo que deu colaboração e dirigiu, além do já citado boletim de Gredrofer, a Revista da Associação dos Agricultores de Angola e o Boletim dos Industriais dos Transportes da Província. Como responsável pelo Boletim do Lions Clube de Luanda viu ser lhe atribuído o primeiro prémio do Distrito que tinha, nessa altura, a sede da Rodésia. Foi Presidente da Direcção do Clube Transmontano de Angola e foi o impulsionador do programa radiofónico Para Lá do Marão, que semanalmente era emitido aos microfones de Rádio Ecclesia Emissora Católica de Angola, então superiormente dirigida e orientada pelo Rev. Padre José Maria Pereira, digno e bom transmontano há anos falecido no Brasil. Na mesma rádio, o Dr. Artur de carvalho compôs e dirigiu o programa A Voz das Beiras, órgão informativo da Casa das Beiras de Luanda. Regressado a Portugal depois da "exemplar", voltou ao ensino, tendo se aposentado depois de ter exercido durante 11 anos funções inspectivas na Inspecção Geral de Ensino no Ministério da Educação. Reside em Sintra onde já publicou três livros de versos: "Portugal Vendido", "Mataram Portugal" e "Os Poemas da Vida". Tem ainda em formação um volume em prosa a que pretende dar o título de Os Bandalhos do 25 de Abril em que promete, através de relatos e historietas várias, sem nunca amesquinhar o pundonor e a honorabilidade dos idealistas, que respeita, vergastar com violência todos quantos, apesar de vergonhosas cedências e piruetas, tudo fizeram para tentarem acorrentar se à carruagem dos "vencedores".


In ii volume do Dicionário dos mais ilustres Trasmontanos e Alto Durienses,
coordenado por Barroso da Fonte, 656 páginas, Capa dura.
Editora Cidade Berço, Apartado 108 4801-910 Guimarães - Tel/Fax: 253 412 319, e-mail: ecb@mail.pt
Preço: 30€

(C) 2005 Notícias do Douro - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Design: Notícias do Douro. Email do Jornal: noticias.do.douro@netc.pt