O Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
Dolce Vita
[ Inquéritos ][ Fórum ][ Farmácias ][ Futebol ][ Agenda ][ Tempo ][ Pesquisa ][ Assinaturas ][ Publicidade ][ Ficha Técnica ][ Horóscopo ]
Transmontanos e Durienses +
Noticias do Douro
Pesquisa
Livro

Transmontanos e Durienses +

B


BARREIRA, Isaque (Jorge Ibela)

Isaque de Jesus Neves Barreira, de seu nome completo, nasceu a 15 de Novembro de 1930, na freguesia de Moimenta, concelho de Vinhais, distrito de Bragança, residindo actualmente em Vila Nova de Gaia. Em trabalhos de poesia e de ficção usa preferentemente o pseudónimo de Jorge Tuela. Licenciado em Filosofia, frequentou também a Universidade Gregoriana, em Roma, vindo mais tarde a concluir o mestrado em Educação pela Universidade do Minho. Tendo enveredado pela actividade docente, foi principalmente professor de Filosofia no Ensino Secundário, mas regeu também, por mais de uma década, as cadeiras de Pedagogia e Psicologia na antiga Escola do magistério Primário do Porto e foi ainda professor de Sociologia da Educação e de Antropologia Cultural no Ensino Superior Politécnico. Paralelamente àactividade docente, cultivou, durante toda a vida, o jornalismo, tanto em Portugal como em Angola, onde viveu durante dez anos. Colaborou, com mais ou menos assiduidade, nos jornais Diário de Notícias (Lisboa), A Província de Angola (Luanda), Jornal de Notícias, Primeiro de Janeiro e Notícias da Tarde (Porto), e em muitos anos outros jornais e revistas, entre as quais se destacam Colóquio (Lisboa) e Revista Portuguesa de Filosofia (Braga). Na imprensa transmontana, foi colaborador, desde muito jovem, dos jornais Mensageiro de Bragança, Notícias de Chaves, e mais tardiamente na Voz do Nordeste e na revista Amigos de Bragança. Além disso, participou em vários congressos, colóquios e encontros, com trabalhos sobre temas de educação ou relacionados com Trás-os-Montes.
Para além de alguns contos e poesias, em vários jornais e revistas, assinados, por vezes, com o pseudónimo de Jorge Tuela, publicou, com o próprio nome, os seguintes livros: Exterlóquios (teatro 1963) que se encontra esgotado, Passou Fazendo Bem (biografia 1965) de que saiu já a 2.a edição (1982), actualmente também esgotada, e que se encontra traduzido em Francês, e, ultimamente, com base na sua tese de mestrado, Ramalho e a Educação, outros tempos, os mesmo problemas (1995) e, já como Jorge Tuela, Contos do Nordeste (1996) cuja l.a edição se esgotou em escassos três meses e de que saiu já a 2.a edição (1997). No intervalo destas edições, publicou ainda um livro de poemas a que deu o título de Capelas Imperfeitas (1997). Sendo sócio da Associação de Escritores de Gaia, participou outrossim em duas antologias lançadas por esta instituição, a saber: POESIA (1992) e Contos e Ditos (1994). Está igualmente representado em Da Poesia, Antologia da Poesia Portuguesa Contemporânea, vol. lII (1995). Tem actualmente em preparação um novo livro de contos, a que pensa dar o título de Contos de Caminho.


In ii volume do Dicionário dos mais ilustres Trasmontanos e Alto Durienses,
coordenado por Barroso da Fonte, 656 páginas, Capa dura.
Editora Cidade Berço, Apartado 108 4801-910 Guimarães - Tel/Fax: 253 412 319, e-mail: ecb@mail.pt
Preço: 30€

(C) 2005 Notícias do Douro - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Design: Notícias do Douro. Email do Jornal: noticias.do.douro@netc.pt