O Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
Dolce Vita
[ Inquéritos ][ Fórum ][ Farmácias ][ Futebol ][ Agenda ][ Tempo ][ Pesquisa ][ Assinaturas ][ Publicidade ][ Ficha Técnica ][ Horóscopo ]
Transmontanos e Durienses +
Noticias do Douro
Pesquisa
Livro

Transmontanos e Durienses +

T


TEIXEIRA, Manuel

nasceu em Freixo de Espada à Cinta, em 15.4.1912. Seguiu a vida religiosa e nesta altura ainda vive em Macau, onde exerceu grande parte da sua vida, impondo se à consideração da Comunidade Macaense, a ponto de ser conhecido por Monsenhor Macau. Foi editada uma monografia do escritor Paulo Coutinho e aí se escreve que "Monsenhor Macau, aos 82 anos, o P.e Manuel Teixeira é uma instituição de Macau, com ele o pequeno enclave português chega a todo o mundo. A obra para além do homem é uma fonte inesgotável. onde todos os investigadores da história de Macau acabam e começam por beber". Nessa mesma fonte se lê que "a obra do P.e Manuel Teixeira se estende por mais de 50 mil páginas". Foi lá agraciado com muitas e diversificadas medalhas e condecorações, nomeadamente: Comendador da Ordem Militar do Cavaleiro de S. Tiago e Espada (1989), Comendador da Ordem do Infante D. Henrique (19741:'\/iedalha de Valor, atribuída por Ramalho Eanes ( 1974); membro da Academia da História e da Associação Internacional de Historiadores da Ásia, sócio correspondente da Sociedade de Geografia de Lisboa. sócio com número da Sociedade Científica Católica Portuguesa, vogal do Centro de Estudos Históricos Ultramarinos e do Conselho da Universidade da Ásia Oriental e doutor honoris causa em letras pela mesma Universidade. Estes elementos foram recolhidos em o Mensageiro de Bragança, de 5.12.1997. pela pena de Alberto Augusto Peres que com ele conviveu em Macau. Aí se lê que o P.e Manuel Teixeira envia o montante integral da sua reforma para o asilo de Chaves (Casa de Santa Marta dos Velhinhos Abandonados). O Governador de Macau. Gen. Rocha Vieira determinou que o ilustre padre transmontano, após a sua retirada da vida activa, fosse hospedado, definitivamente e a expensas do Governo de Macau. na Pousada de Mon Há, um hotel de 5 estrelas. Antes de ir para Macau foi pároco de São Lourenço (1934 1962). É autor de 125 livros sobre história e gestão Lusa no Extremo Oriente. Com 85 anos continua a escrever dois artigos por dia.


In i volume do Dicionário dos mais ilustres Trasmontanos e Alto Durienses,
coordenado por Barroso da Fonte, 656 páginas, Capa dura.
Editora Cidade Berço, Apartado 108 4801-910 Guimarães - Tel/Fax: 253 412 319, e-mail: ecb@mail.pt
Preço: 30€

(C) 2005 Notícias do Douro - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Design: Notícias do Douro. Email do Jornal: noticias.do.douro@netc.pt