O Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
Dolce Vita
[ Inquéritos ][ Fórum ][ Farmácias ][ Futebol ][ Agenda ][ Tempo ][ Pesquisa ][ Assinaturas ][ Publicidade ][ Ficha Técnica ][ Horóscopo ]
Transmontanos e Durienses +
Noticias do Douro
Pesquisa
Livro

Transmontanos e Durienses +

R


RODRIGUES, Ernesto José

nasceu em 17.6.1956, em Torre de D. Chama. ÉProfessor Auxiliar na Faculdade de Letras de Lisboa. Aqui se licenciou (1980) em Filologia Românica e apresentou tese de Mestrado em Literatura Portuguesa (1991) sobre Fastigínia, de Tomé Pinheiro da Veiga (1566 1656). Doutorou se, por último, em Cultura Portuguesa área em que ensina desde 1988 1989 como trabalho Mágico Folhetim. Literatura e Jornalismo em Portugal (1996). Antigo jornalista (1979 1981) vocação que assume desde 1970, numa presença variada que também passou pela direcção de publicações , leitor de Português na Universidade de Budapeste (19811986) e assistente na Escola Superior de Educação de Bragança (1986 1988), faz crítica literária regular desde 1979 e tem colaboração poética, contista e ensaísta em, nomeadamente, Világirodalmi Lexikon (Dicionário de Literatura Mundial), Acta Litteraria Academiae Scientiarum (Hungria), Colóquio/Letras, Românica, Ler, JL Jornal de Letras, Artes e Ideias, Diário de Notícias, Diário de Lisboa, Brigantia, Amigos de Bragança... Tradutor de ficção e poesia húngaras (Istvan Orkény, Contos de Um Minuto, 1983; Novíssima Poesia Húngara, 1985), vem prefaciando, edições, que organiza, de Oitocentistas: Eça de Queiroz, A Catástrofe e Outros Contos (1986); Ramalho Ortigão, Farpas Escolhidas (1991); Camilo Castelo Branco, Eusébio Macário (1992); Alexandre Herculano, O Bobo (1992); Júlio Dinis, Os Fidalgos da Casa Mourisca (1994). Prefaciou, ainda, Hélia Correia /Jaime Rocha, A Pequena Morte/ Esse Eterno Canto (1986) e Clara Pinto Correia / Mário de Carvalho, E Se tivesse a Bondade de Me Dizer Porquê? (1996). Poeta estreado em 1973, editou seis títulos de versos Inconvencional, J. C. Falhou Um Penalty (em colab., 1976), Poemas Porventura (1977), Março ou as Primeiras Mãos (em colab., 1981), Para Ortense: Variantes (1981), Sobre o Danúbio (1985) e comparece em outras tantas colectâneas; na ficção, deu Várias Bulhas e Algumas Vítimas (1980), novela reeditada em A Flor e a Morte (1983), seguindo se os romances A Serpente de Bronze (1989) e Torre de Dona Chama (1994). Tem outros contos antologiados. Dirigidas à infância, escreveu Histórias para Acordar (1996). Edição bilingue da sua poesia e prosa saiu em Budapeste com o título Sobre o Danúbio / /A Duna Partján (1996). No lapso de 1993 a 1996, coordenou O Escritor (sete números semestrais), revista da Associação Portuguesa de Escritores, cuja Direcção integrava.
RODRIGUES, Fernando José Gomes nasceu na vila de Montalegre, em 21.10.1953, de uma família bastante humilde. Estudou aí até ao 7.° ano liceal e prosseguiu estudos na Universidade do Minho, na área do ensino de Francês/Português. Começou por leccionar no Liceu Sá de Miranda, em Braga e dali se transferiu para a sua terra natal, exercendo na Escola Preparatória. Durante dez anos foi Presidente do Conselho Directivo. Aderiu ao PS e em 1990 entrou, como vereador da Câmara, a tempo inteiro. Simultaneamente foi director Adjunto do Jornal Correio do Planalto. Esteve na origem da transferência da Rádio Voz de Barroso das Minas da Borralha, para a vila de Montalegre. Em 1997 foi o candidato pelo PS à Presidência da Câmara e venceu as eleições.


In i volume do Dicionário dos mais ilustres Trasmontanos e Alto Durienses,
coordenado por Barroso da Fonte, 656 páginas, Capa dura.
Editora Cidade Berço, Apartado 108 4801-910 Guimarães - Tel/Fax: 253 412 319, e-mail: ecb@mail.pt
Preço: 30€

(C) 2005 Notícias do Douro - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Design: Notícias do Douro. Email do Jornal: noticias.do.douro@netc.pt