O Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
Dolce Vita
[ Inquéritos ][ Fórum ][ Farmácias ][ Futebol ][ Agenda ][ Tempo ][ Pesquisa ][ Assinaturas ][ Publicidade ][ Ficha Técnica ][ Horóscopo ]
Transmontanos e Durienses +
Noticias do Douro
Pesquisa
Livro

Transmontanos e Durienses +

P


PINHEIRO, António

foi o quarto bispo de Miranda. Nasceu em Porto Mós. Desde muito cedo se revelou com grandes capacidades, pelo que D. João Ill, sabendo disso, mandou o estudar para Paris, no Colégio de Santa Bárbara, de que era reitor o Dr. Diogo de Gouveia. Depressa passou de aluno a mestre, ensinando o livro terceiro das Orações de Quintiliano, que mais tarde ilustraria com eruditos comentários. Entretanto D. João Ill, chamou o ao reino e nomeou o mestre dos moços fidalgos que frequentavam o paço. Numa fase posterior seria encarregado exclusivamente da educação do príncipe D. João. O referido monarca acabaria por nomeá lo seu capelão, pregador, conselheiro, cronista mor do reino, substituindo Fernão de Pina. O monarca encomendou lhe a biografia de seu pai, D. Manuel. Foi também guarda mor do arquivo real, visitador e reformador da universidade, cargo que exerceu até 1565. Foi "doutíssimo e mui erudito em letras humanas", grande orador e latinista exemplar. Não se conhece, em rigor, a data da sua nomeação para Bispo de Miranda, pressupondo se que tenha sido imediatamente a seguir à morte de D. Júlio Alva (1564?). Sabe se que entrou no governo da Diocese em Janeiro de 1566. Em 1579 foi transferido para a Diocese de Leiria, substituindo D. Frei Gaspar do Casal que fora transferido para Coimbra (em 27.11.1579). Dizem as crónicas que D. António Pinheiro "tão notável pela sua ilustração como pelas suas virtudes", deu provas de grande zelo e virtude, nunca abandonando o seu rebanho espiritual, senão em circunstâncias imperiosas. Por exemplo, aquando da expedição de D. Sebastião à África, D. António Pinheiro, deslocou se à corte, para convencer e] rei a não partir. Igualmente se deslocou a Madrid, tentando convencer Filipe II a não invadir Portugal. Faleceu em Lisboa em fins de Outubro de 1582.


In i volume do Dicionário dos mais ilustres Trasmontanos e Alto Durienses,
coordenado por Barroso da Fonte, 656 páginas, Capa dura.
Editora Cidade Berço, Apartado 108 4801-910 Guimarães - Tel/Fax: 253 412 319, e-mail: ecb@mail.pt
Preço: 30€

(C) 2005 Notícias do Douro - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Design: Notícias do Douro. Email do Jornal: noticias.do.douro@netc.pt