O Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
Dolce Vita
[ Inquéritos ][ Fórum ][ Farmácias ][ Futebol ][ Agenda ][ Tempo ][ Pesquisa ][ Assinaturas ][ Publicidade ][ Ficha Técnica ][ Horóscopo ]
Transmontanos e Durienses +
Noticias do Douro
Pesquisa
Livro

Transmontanos e Durienses +

P


PEREIRA, João José Alves

nasceu a 12 de Novembro de 1931 em Parada de Monteiros, concelho de Vila Pouca de Aguiar. Com ano e meio de idade veio residir com seus pais para casa dos avós, em Senra de Cima, freguesia do Salvador, Ribeira de Pena. Após a instrução primária frequentou o seminário de Vila Real. Não sentindo, porém, vocação sacerdotal, abandonou o Seminário, continuando os seus estudos no Colégio da Boavista, em Vila Real, onde veio a concluir o Curso Geral dos Liceus. Iniciou a sua vida profissional nos CTT, tendo exercido funções de Chefe de Estação em Cerva e Ribeira de Pena. Neto e sobrinho de políticos influentes, despertou para a vida política em 1971, altura em que foi eleito Vereador à Câmara Municipal de Ribeira de Pena, funções que desempenhou até 1973. Em Fevereiro de 1973 assumiu as funções de Vice Presidente da Câmara Municipal, funções que desempenhou até ao dia 25 de Abril de 1974. Afastou se da vida política no período subsequente ao 25 de Abril, até à marcação oficial das primeiras eleições autárquicas. Admirador e simpatizante de Sá Carneiro, viu no programa do PPD a força política que melhor se enquadrava na sua maneira de ser. Por isso, nas primeiras eleições autárquicas, o seu nome foi indicado por um grupo de Social Democratas para a candidatura à Câmara. No entanto o seu nome foi preterido, na sequência de um processo pouco claro dentro do partido. Impedido de concorrer pelo PPD e pressionado a apresentar a sua candidatura, recorre ao PPM que lhe ofereceu a possibilidade de integrar as suas listas. Foi eleito Presidente da Câmara Municipal de Ribeira de Pena em 1977 pelo PPM. Desde essa altura tem se apresentado a todos os sufrágios eleitorais para a Câmara Municipal, nos dois primeiros mandatos pelo PPM e nos seguintes pelo PSD. Exerce, portanto, aquelas funções desde o início das eleições autárquicas, há 20 anos, integrando o grupo restrito dos "Dinossauros" autárquicos. Ao longo da sua carreira pública exerceu numerosos cargos e funções, de que são de destacar: a Presidência da Comissão Política Distrital do PSD; as funções de Conselheiro Nacional do PSD; Presidente do Grupo Desportivo de Ribeira de Pena, levando a equipa à 3.a Divisão Nacional: Fundador e Vice Presidente da Rádio Larouco; Gerente da Associação Agrícola do Vale de Senra; Presidente do Agrupamento de Municípios do Alto Tâmega; Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Ribeira de Pena; Presidente da Direcção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Ribeira de Pena; Actualmente, João José Alves Pereira é presidente da Comissão Concelhia Partido Social Democrata, exercendo um papel de grande influência e prestígio a nível regional. Para além disso, João José Alves Pereira é ainda e a nível local: Presidente da Direcção da Cooperativa Agrícola de Ribeira de Pena Presidente da Assembleia Geral do Grupo Desportivo de Ribeira de Pena. A nível regional, Alves Pereira desempenha ainda cargos significativos como sejam: Presidente do Conselho geral do Hospital de Vila Real; Presidente do Conselho Fiscal da NERVIR Núcleo Empresarial de Vila Real; Vice Presidente da Direcção da PROBASTO Associação de Desenvolvimento Rural de Basto; Presidente do Conselho de Administração dos Empreendimentos Hidroeléctricos do Alto Tâmega e Barroso. Estas últimas funções de Presidente dos Empreendimentos Hidroeléctricos do Alto Tâmega e Barroso são exercidas desde a sua formação, em reconhecimento pelo papel essencial que desempenhou na sua constituição. Preocupado com a necessidade de garantir para a sua autarquica uma autonomia financeira, João José Alves Pereira lançou em 1989 o Empreendimento Hidroeléctrico do Rio Alvadia, em Ribeira de Pena, para o qual garantiu financiamentos avultados. Tratando se de um empreendimento de grande vulto económico e com fortes solicitações privadas, João Pereira conduziu um processo que levou à constituição de uma empresa regional, participada pelos concelhos do Alto Tâmega, mantendo no domínio público os riscos mas, consequentemente, todas as vantagens do empreendimento. O processo da constituição da Empresa Hidroeléctrica do Alto Tâmega e Barroso foi pioneiro neste país e significativamente elogiado no acto inaugural do Empreendimento de Alvadia em 1993, pelo Primeiro Ministro.


In i volume do Dicionário dos mais ilustres Trasmontanos e Alto Durienses,
coordenado por Barroso da Fonte, 656 páginas, Capa dura.
Editora Cidade Berço, Apartado 108 4801-910 Guimarães - Tel/Fax: 253 412 319, e-mail: ecb@mail.pt
Preço: 30€

(C) 2005 Notícias do Douro - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Design: Notícias do Douro. Email do Jornal: noticias.do.douro@netc.pt