O Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
Dolce Vita
[ Inquéritos ][ Fórum ][ Farmácias ][ Futebol ][ Agenda ][ Tempo ][ Pesquisa ][ Assinaturas ][ Publicidade ][ Ficha Técnica ][ Horóscopo ]
Transmontanos e Durienses +
Noticias do Douro
Pesquisa
Livro

Transmontanos e Durienses +

M


MOURINHO, António Maria

Presbítero, arqueólogo, etnógrafo e poeta mirandês (Sendim, Miranda do Douro, 14.2.1917 Lx.a, 13.7.1996). Concluiu Teologia no Seminário de Bragança (1941) onde foi professor durante um ano, até ser incardinado (1942) na paróquia de Duas Igrejas (Miranda do Douro). Desde cedo vocacionado para o estudo do património local, viria a elaborar uma obra a qual, em conjunto com as do Abade de Baçal e do Padre Firmino Martins (Vinhais) é fonte de necessária consulta para o conhecimento do Nordeste Transmontano na história, na cultura, na língua e na religião. A ele se deve a recuperação do dialecto mirandês para a literatura desde que, em 1942, publicou lendas e poemas nesse dialecto (Las siete Armaras, Nossa alma i nossa tierra, Amiyos del Sou Amiyo), e, de seguida, a partir de 1944, um conjunto de estudos linguísticos de relevante importância: Gramática Mirandesa, Origens do Mirandês, Diversidades subdialectais do Mirandês e Apontamentos sobre o Conto Popular Mirandês, etc.). Investe muito do seu tempo na pesquisa de aras, pedras, lendas, monumentos e documentos, quer na região duriense, quer em arquivos espanhóis. Dessa pesquisa resultou uma extensíssima obra, constituída por mais de meia centena de importantes títulos, para além de muitos outros esparsos em jornais e revistas. Cerca do final do decénio de 1960 decidiu abandonar a vida eclesiástica, revertendo ao estado laical e contraindo matrimónio, enquanto, por outro lado, concluía uma licenciatura em História (Porto, 1970) e alargava o horizonte das suas pesquisas histórico etnográficas em Portugal e no Estrangeiro, sendo pessoa muito conhecida. Com efeito, fundou (1945) o prestigiado Grupo Mirandês de Duas Igrejas (Pauliteiros de Miranda) que se tornou vedeta primeiríssima do folclore português, e que exibiu nas mais diversas partes do mundo, onde o seu director e fundador era também nome conhecidíssimo. Antes de falecer ainda publicou o 1.° volume do Cancioneiro Tradicional e Danças Populares Mirandesas (1984). Nos últimos anos de vida leccionou na Escola Secundária de Odivelas, residindo em Loures.
Obras e Bib.: António Maria Mourinho, Curriculum Vitae (Notas Culturais). Bragança, 1978, em que regista toda a sua actividade até ao mencionado ano.
J. Pinharanda Gomes


In i volume do Dicionário dos mais ilustres Trasmontanos e Alto Durienses,
coordenado por Barroso da Fonte, 656 páginas, Capa dura.
Editora Cidade Berço, Apartado 108 4801-910 Guimarães - Tel/Fax: 253 412 319, e-mail: ecb@mail.pt
Preço: 30€

(C) 2005 Notícias do Douro - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Design: Notícias do Douro. Email do Jornal: noticias.do.douro@netc.pt