O Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
Dolce Vita
[ Inquéritos ][ Fórum ][ Farmácias ][ Futebol ][ Agenda ][ Tempo ][ Pesquisa ][ Assinaturas ][ Publicidade ][ Ficha Técnica ][ Horóscopo ]
Transmontanos e Durienses +
Noticias do Douro
Pesquisa
Livro

Transmontanos e Durienses +

M


MELO, Adriano José de Carvalho e

nasceu no lugar da Picota, freguesia de Tuías, concelho de Marco de Canavezes, em 3.8.1825 e aí faleceu em 9.10.1894. Foi Governador Civil de Bragança, por decreto de 25.11.1873. A sua gerência, como Governador mereceu alguns opúsculos, entre os quais: A Assembleia Brigantina e o Senhor Governador Civil Adriano José de Carvalho e Melo (de 43 pgs.) e Governador Civil de Bragança e os Colegas do director da Assembleia Brigantina (1875, com 55 pgs.). Foi graças a ele que se criou em Bragança um corpo de polícia civil, por deliberação de 4.3.1876, sendo nomeado comissário desse corpo de polícia seu primo: António José Ribeiro. Foi administrador do Marco de Canavezes e deputado. Juntamente com António Cabral dirigiu o jornal A verdade, semanário que se editava no Marco. Igualmente colaborou em Jornal do Porto. Foi graças à sua actividade policial que o José do Telhado, famoso e inspirador do romance, foi preso, quando tentava embarcar para o Brasil, escapado à acção da justiça, pois era ele (José do Telhado) o terror, durante cerca de nove anos, nas Beiras e em Trás os Montes. Aí praticou os mais variados e hediondos crimes. Adriano Melo conseguiu deitar lhe a mão...


In i volume do Dicionário dos mais ilustres Trasmontanos e Alto Durienses,
coordenado por Barroso da Fonte, 656 páginas, Capa dura.
Editora Cidade Berço, Apartado 108 4801-910 Guimarães - Tel/Fax: 253 412 319, e-mail: ecb@mail.pt
Preço: 30€

(C) 2005 Notícias do Douro - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Design: Notícias do Douro. Email do Jornal: noticias.do.douro@netc.pt