O Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
Dolce Vita
[ Inquéritos ][ Fórum ][ Farmácias ][ Futebol ][ Agenda ][ Tempo ][ Pesquisa ][ Assinaturas ][ Publicidade ][ Ficha Técnica ][ Horóscopo ]
Transmontanos e Durienses +
Noticias do Douro
Pesquisa
Livro

Transmontanos e Durienses +

M


MACHADO, Alberto

nasceu em Barcelos, em 6.4.1905. Mas fez toda a sua vivência no concelho de Montalegre. Filho de uma ilustre Família de empresários minhotos, acabou por fixar se na Venda Nova, concelho de Montalegre, como fiscal da HICA, empresa responsável pela construção das diversas barragens do sistema Cávado Rabagão. Aí casou, na antiga povoação do Cambedo que foi submersa pela Barragem da Venda Nova. Nunca se conformou que a albufeira tenha coberto o cemitério onde foi sepultada a sua primeira Esposa (irmã da segunda) que aí fora professora do ensino primário. Esse sentimento de inconformismo levou o a promover a construção de uma capelinha, junto ao cruzamento da E.N. Braga Chaves Paradela. Ao mesmo tempo que trabalhava, ora nas Barragens da Venda Nova, ora na de Paradela, ora de Pisões, explorava um pequeno bar que ainda ali pode ver se, embora encerrado, desde o dia em que foi mortalmente atropelado na Estrada Nacional, por um futebolista. Na altura já vivia só, quase invisual e amargurado pela solidão, ele que fora uma alma generosa, hospitaleira e boa. Era um patriota e um barrosão daqueles que dá gosto conhecer. Era uma espécie de operador e guia turístico que abria as portas da franqueza e do "reino maravilhoso" que sempre apresentava aos muitos viandantes que passavam pelo seu pequeno Bar de Santa Cruz. Desse pequeno bar fez uma espécie de museu, com tudo aquilo que coligia da região e de entre os amigos que ele estimava como verdadeiros tesouros. Era também uma espécie de livraria e posto de informação cultural, com jornais e revistas, minorando as carências da região do Baixo Barroso. Colaborou, durante muitos anos, em quase todos os jornais diários e regionais. Em 1972 colaborou com Barroso da Fonte e António Lourenço Fontes, no livro: Usos e Costumes de Barroso (Tip. Gutenberg Chaves), c/ 194 páginas, pertencendo lhe As Lendas da Misarela. Faleceu em 21.3.1988.


In i volume do Dicionário dos mais ilustres Trasmontanos e Alto Durienses,
coordenado por Barroso da Fonte, 656 páginas, Capa dura.
Editora Cidade Berço, Apartado 108 4801-910 Guimarães - Tel/Fax: 253 412 319, e-mail: ecb@mail.pt
Preço: 30€

(C) 2005 Notícias do Douro - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Design: Notícias do Douro. Email do Jornal: noticias.do.douro@netc.pt