O Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
Dolce Vita
[ Inquéritos ][ Fórum ][ Farmácias ][ Futebol ][ Agenda ][ Tempo ][ Pesquisa ][ Assinaturas ][ Publicidade ][ Ficha Técnica ][ Horóscopo ]
Transmontanos e Durienses +
Noticias do Douro
Pesquisa
Livro

Transmontanos e Durienses +

L


LEME, Carlos Manuel de Azeredo Pinto Melo e

nasceu na Casa do Cabo, freguesia de Várzea de Ovelha, Marco de Canavezes, em 4.10.1930. Mas tem raízes na Régua e aí usufruiu de uma mansão para os grandes momentos de lazer. Seguiu a carreira militar e é um dos mais prestigiados generais da sua geração. No ano em que elaboramos esta nota (1997), é candidato a Câmara do Porto, pela coligação PSD/PP. Fez o exame da 4.a Classe na Escola Primaria da Foz do Douro, no Passeio Alegre e cursou os liceus no Colégio dos Jesuítas, nas "Caldinhas" em Santo Tirso e no antigo Colégio Brotero à Foz do Douro. Frequentou os Preparatórios Militares na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto e foi encorporado a 26 de Novembro de 1948 na antiga Escola do Exército, onde concluiu o Curso de Oficial para a Arma de Cavalaria, ascendendo ao posto de Alferes desta Arma a 1 de Novembro de 1952. Colocado no Regimento de Cavalaria 6, "Dragões de Entre Douro e Minho", sediado na cidade do Porto, serviu na índia por duas vezes, de 1954 a 56 e de 1961 a 62, nas patentes de Alferes, Tenente e Capitão. Foi Prisioneiro de Guerra do Exército da União Indiana aquando da invasão da índia Portuguesa, até Maio de 1962. Ainda como Capitão, comandou em campanha subunidades da sua Arma nos teatros de operações de Angola e da Guiné, tendo nesta última Província Ultramarina comandado um Sector Operacional e chefiado a Repartição de Reordenamentos e Auto Defesas do Quartel General do Comando Chefe, sob as ordens do Governador e Comandante Chefe General António de Spinola. Dirigiu o planeamento e comandou o Movimento Militar de 25 de Abril de 1974 no Norte de Portugal, e de Maio desse ano a Setembro de 1976, graduado em Brigadeiro, desempenhou as funções de Governador Civil do Distrito Autónomo do Funchal, de Presidente da Junta Governativa da Madeira e Presidente da Junta Geral, cumulativamente com os cargos de Comandante Chefe das FFAA. da Madeira e de Governador Militar. Após a frequência do curso para Oficial General no Instituto de Altos Estudos Militares, foi nomeado, ainda Coronel, Professor daquele mesmo Instituto para o Curso de Estado Maior e para o Curso Superior de Comando e Direcção, acumulando ainda as funções de Assessor Militar do Primeiro Ministro, Dr. Francisco Sá Carneiro. Como Brigadeiro, serviu como Segundo Comandante da Região Militar do Norte, foi Adjunto do Inspector Geral do Exército, Inspector para a Arma de Cavalaria e já como General foi Director da Arma de Cavalaria e comandou a Região Militar do Norte de Portugal até 30 de Novembro de 1988. A 1 de Dezembro desse ano passou a chefiar a Casa Militar do Chefe do Estado e Comandante Supremo das FFAA., Dr. Mário Soares, até ao dia 9 de Março de 1987, data em que deixara a Efectividade de Serviço, passando à situação de Reforma após ter servido a Instituição Militar durante 47 anos e 104 dias. Entre as suas condecorações Militares avultam a Cruz de Guerra l.a Classe por feitos em Combate, 2 Medalhas de Prata de Serviços Distintos com Palma (campanha), a Medalha de Ouro de Serviços Distintos e a Grã Cruz do Mérito Militar. Entre as condecorações honoríficas destacam se as Grã Cruzes de Cristo e de Aviz, de S. Gregório Magno (Vaticano), do Império Britânico, do Mérito Militar (Espanha), do Mérito (Grécia, Itália e Chipre), Pró Mérito Militense (O.M.S. de Malta), da Estrela Polar (Suécia), do Cruzeiro do Sul (Brasil), de Danebrog (Dinamarca) da O. Hachemita (Marrocos), da República (Malta e Tunísia), do Tesouro Sagrado (Japão), Primeiro Grau de Cavaleiro de Mandara com Espadas (Bulgária) Comendador da Legião de Honra (França), etc.. O Gen. Carlos de Azeredo émembro da Soberana Ordem Militar de S. João de Jerusalém de Rodes e de Malta como Cavaleiro de Honra e Devoção. É autor de várias publicações sobre História Militar, foi conferencista no Instituto de Defesa Nacional, no Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa e conferencista convidado na Universidade de Salamanca.


In i volume do Dicionário dos mais ilustres Trasmontanos e Alto Durienses,
coordenado por Barroso da Fonte, 656 páginas, Capa dura.
Editora Cidade Berço, Apartado 108 4801-910 Guimarães - Tel/Fax: 253 412 319, e-mail: ecb@mail.pt
Preço: 30€

(C) 2005 Notícias do Douro - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Design: Notícias do Douro. Email do Jornal: noticias.do.douro@netc.pt