O Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
Dolce Vita
[ Inquéritos ][ Fórum ][ Farmácias ][ Futebol ][ Agenda ][ Tempo ][ Pesquisa ][ Assinaturas ][ Publicidade ][ Ficha Técnica ][ Horóscopo ]
Transmontanos e Durienses +
Noticias do Douro
Pesquisa
Livro

Transmontanos e Durienses +

J


JÚNIOR, Agostinho Mello

Nasceu em Vale da Ermida, concelho de Vila Real, em 25.1.1914. Fez o liceu em Vila Real e aí realizou a sua 1.a exposição autodidacta da qual resultou uma bolsa da Junta Distrital para a frequência das Belas Anes no Porto, curso que terminou com distinção em 1951. Durante a frequência obteve a bolsa do Legado Ventura Terra. Frequentou o curso de Ciências Pedagógicas em Coimbra. Realizou exposições a nível de estudante das Belas Artes em Vila Real, Guimarães, Porto e Coimbra. Representações dessa época: Câmara Municipal do Porto, SNI, Junta, Governo e Câmara de Vila Real, Museu Martins Sarmento de Guimarães, várias colecções particulares. De 1952 a 1955 permaneceu nas Caldas da Rainha. Efectuou exposições de pintura e cerâmica na Caldas das Rainha e no Turismo de S. Maninho do Porto. Representado na Câmara Municipal daquela cidade. 1955 1968 ausente em Angola. Realizou várias exposições, a última em 1968 no Museu de Angola Luanda. Desse período de actividades: Retrato de Nonon de Matos para a Câmara de Huambo, 3 retratos do Bispo de Silva Porto no Bispado do Bié, no Bispado do Luso e no Mosteiro de Singeverga Minho. Representações no Museu de Angola, Bispado de Nova Lisboa, Turismo, Governo Câmara de Luanda, Câmaras e Museus de várias cidades. Concorreu a certames de Artes Plásticas, tendo lhe sido atribuídos: o 1.° prémio em retrato a óleo; o 1.° prémio em aguarela; o prémio C.a de Diamantes desenho a lápis; a 1.a e a
2ª medalhas em aguarela. A C.ª de Diamantes possui 14 obras suas no Museu do Dundo, seleccionadas da exposição que realizou em Lisboa, na Soc. Nac. de Belas Artes. Representado na Embaixada do Brasil. A Sociedade de Geografia adquiriu para a Sala das Sessões da Academia Internacional da Cultura Portuguesa a "Embaixada de D. Manuel ao Rei do Congo". Representado no ex Ministério do Ultramar com vários temas angolanos. Representado com vários trabalhos no Colégio Universitário Pio XII Lisboa De 1962 a 1965 permaneceu em Lisboa para frequentar o Instituto Superior de Ciências Sociais. Realizou nesse período duas exposições, a segunda no Palácio Foz com "25 temas da neve transmontana". Representado com aguarelas de neve na Casa de Trás os Montes em Lisboa e no Instituto Superior de Ciências Sociais com óleos e aguarelas. Representado no Liceu Garcia de Orta do Porto e no Museu Nacional de Grão Vasco em Viseu. 1973 Exposição no Rio de Janeiro; 1974 Exp. Colectiva na Galeria S. Mamede Lisboa; 1975 Exp. Colectiva na Galeria Abel Salazar Porto; Exposição no átrio do G. Civil Vila Real; 1976 2 ª Trienal da Bulgária Com 3 óleos; 1977 Exp. Colectiva em Braga; 1981 Árvore Porto; 1982 Galeria do 1.° de Janeiro Porto. Elaborou e editou a primeira plaquete turística da Cidade de Vila Real, tendo a edição sido adquirida pela Câmara Municipal e pelo S.N.I do Porto. Foi consultor estético do Instituto de Angola, como membro da direcção. Foi colaborador artístico do Boletim Cultural da Câmara Municipal de Lisboa, do jornal "O Tripeiro" do Porto, e do Jornal de Notícias, (correspondência de Vila Real).


In i volume do Dicionário dos mais ilustres Trasmontanos e Alto Durienses,
coordenado por Barroso da Fonte, 656 páginas, Capa dura.
Editora Cidade Berço, Apartado 108 4801-910 Guimarães - Tel/Fax: 253 412 319, e-mail: ecb@mail.pt
Preço: 30€

(C) 2005 Notícias do Douro - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Design: Notícias do Douro. Email do Jornal: noticias.do.douro@netc.pt