O Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
Dolce Vita
[ Inquéritos ][ Fórum ][ Farmácias ][ Futebol ][ Agenda ][ Tempo ][ Pesquisa ][ Assinaturas ][ Publicidade ][ Ficha Técnica ][ Horóscopo ]
Transmontanos e Durienses +
Noticias do Douro
Pesquisa
Livro

Transmontanos e Durienses +

H


HENRIQUES, Frei Aleixo de Miranda

Foi Bispo de Miranda e Bragança, desde 1757 até 1770, ano em que foi transferido para a Diocese do Porto. Nasceu em Lisboa, em 12.8.1692 e faleceu no Porto, em Maio de 1771. Professou em S. Domingos de Benfica, em 4.6.1710. Por causa do seu procedimento foi desterrado para Goa. Aí foi professor, até regressar. Em 1728 foi eleito Prior do Colégio do Benfica. Ao fim de três anos foi transferido para Setúbal, como vigário das religiosas dominicanas recolhidas no Convento de S. João Baptista. Aí se distinguiu como pregador. Bento XIV nomeia o Bispo de Miranda, por Bula de 13 de Março de 1757, mas só tomou posse e 16.6.1759. A situação excêntrica de Miranda e os estragos que na cidade fez o exército espanhol, em 1762, levaram D. Aleixo de Miranda Henriques a transferir a sede episcopal para Bragança, em 7 de Março de 1762. Em nota de rodapé, na pág. 563, III Vol. da História da Igreja em Portugal, diz se: "que a transferência não se fez nesta data, ou seja, em 7 de Março de 1762, mas em 1764". Aí se afirma que essa transferência se consumou por carta régia de 17 de Novembro desse ano". O Vol. III da obra citada refere, a propósito desta transferência, o seguinte: "Na lista dos bispos que se encontra junta aos Estatutos do cabido, diz se, a propósito deste facto: D. Aleixo movido de sinistros intentos se mudou para Bragança com o cabido e auditório, arruinando a sua mãe, a Santa Sé, levando lhe todo o móvel precioso que tinha e roubando a prata da confraria unicamente para destruir esta cidade, gabando se no púlpito de Bragança que um Miranda destruiria Miranda do que lhe resultou ser malquisto pelo povo e causa de muitas demandas injustas, destruidor dos bens da Mitra que devia gastar com os pobres». Este bispo, de quem se contam anedotas escandalosas. tornou se notável apenas pelas suas pastorais contra os padres Jesuítas, nas quais incluiu proposições atribuídas aos padres da Companhia pelos seus conhecidos inimigos. Em 5 de Março de 1770 foi transferido para o bispado do Porto. Recebeu a confirmação da Santa Sé no dia 1 de Setembro. Tomou posse em 18 desse mês e entrou solenemente em 4 de Novembro.


In i volume do Dicionário dos mais ilustres Trasmontanos e Alto Durienses,
coordenado por Barroso da Fonte, 656 páginas, Capa dura.
Editora Cidade Berço, Apartado 108 4801-910 Guimarães - Tel/Fax: 253 412 319, e-mail: ecb@mail.pt
Preço: 30€

(C) 2005 Notícias do Douro - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Design: Notícias do Douro. Email do Jornal: noticias.do.douro@netc.pt