O Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
Dolce Vita
[ Inquéritos ][ Fórum ][ Farmácias ][ Futebol ][ Agenda ][ Tempo ][ Pesquisa ][ Assinaturas ][ Publicidade ][ Ficha Técnica ][ Horóscopo ]
Transmontanos e Durienses +
Noticias do Douro
Pesquisa
Livro

Transmontanos e Durienses +

G


GAMA, José

Nasceu em Mascarenhas, do concelho de Mirandela, em 2.3.1942. O pai era guarda rios e "ferrador" nas horas vagas. Era um lar de nove filhos, dois dos quais: José e Humberto, foram parar ao seminário dos Jesuítas, em Macieira de Cambra. O Humberto, dois anos mais velho, ordenou-se, não se sabe bem se por vocação ou sem ela, porque virou político e a muita coisa se prestou na vida, nem sempre em sintonia com as regras canónicas da Igreja. Chegou a aceitar ser candidato socialista à Câmara de Mirandela, contra o irmão. O José estava fadado para outros voos: licenciou se em Direito pela Universidade de Coimbra. Foi oficial mil.' (Ranger) e foi até à Ilha do Sal. Foi funcionário superior (Inspector) do Ministério do Trabalho, chegando a Secretário de Pinto Cardoso que foi governante com Marcelo Caetano. Com o 25 de Abril de 1974, José Gama teve de emigrar para os Estados Unidos, onde conheceu Veiga Simão, outro emigrado à força. Este deu lhe cama e mesa e ainda hoje o admira como homem de um raro talento. Aí dirigiu o Jornal: Portuguese Times, de Newark. Fez programas de televisão e de rádio. Nessa altura escreveu o livro: Protestos Imigrados. Em 1979 aderiu ao CDS. Regressa a Portugal e é eleito candidato pelo círculo da Emigração. Bateu-se pela questão angolana, entre o MPLA e a UNITA. Chegou a Deputado no Parlamento Europeu. Seguiram se dissidências no CDS. Ele acomete outro objectivo: ser Presidente da Câmara de Mirandela (a sua Terra natal). "Pôs Mirandela no mapa". Chegou a ser considerado o Autarca do ano. Se no 1.° mandato concorreu pelo CDS, no 2.° já foi pelo PSD. Novo sucesso. Este partido eleva o, de novo, a deputado. Surgem as guerras políticas com o irmão Humberto a quem a própria Mãe acusa que "gosta de bons carros e mulheres bonitas". Uma carreira fulgurante. O Jornal Independente (1997), em artigo desenvolvido chama lhe "honro Transmontanus" e profetiza lhe uma ampla vitória à Câmara de Coimbra. Mas perdeu.


In i volume do Dicionário dos mais ilustres Trasmontanos e Alto Durienses,
coordenado por Barroso da Fonte, 656 páginas, Capa dura.
Editora Cidade Berço, Apartado 108 4801-910 Guimarães - Tel/Fax: 253 412 319, e-mail: ecb@mail.pt
Preço: 30€

(C) 2005 Notícias do Douro - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Design: Notícias do Douro. Email do Jornal: noticias.do.douro@netc.pt