O Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
Dolce Vita
[ Inquéritos ][ Fórum ][ Farmácias ][ Futebol ][ Agenda ][ Tempo ][ Pesquisa ][ Assinaturas ][ Publicidade ][ Ficha Técnica ][ Horóscopo ]
Transmontanos e Durienses +
Noticias do Douro
Pesquisa
Livro

Transmontanos e Durienses +

F


FERNANDES, Hirondino da Paixão

Nasceu em 7.6.1931 no Parâmio, concelho de Bragança. Concluída a instrução primária, ingressa no Liceu Nacional Emídio Garcia (Bragança). Em 1950 conclui o 7.° ano e matricula se na Faculdade de Letras da UC. Em 1956 conclui a licenciatura. Aproveita esse fim de ano para fazer um curso de língua galega na Univ. Int. de Menendez Pelayo, Santander. Em Nov. 56 énomeado prof. prov. do 8.° grupo, da Esc. Ind. e Comer. de Leiria. Aí, além das actividades docentes, foi incumbido de organizar a bibl. pelo que foi louvado pela Escola. Em Nov. 57 está em Bragança na Esc. Ind. e Comercial e em 1959 aí funda Presença (boletim). Em 1961 é nomeado para o Liceu de Bragança. Em Nov. desse ano obtém licenciatura em Filologia Românica na Fac. Letras da UC. Em 1962 inicia funções docentes na Esc. Ind. e Com. Brotero (Coimbra). Em 4.9.1964 toma posse do cargo de Director da Esc. Ind. e Com. de Bragança. Em 15.6.1965 é empossado como prof. efectivo da Esc. Tec. de Mirandela. Em 1965 é eleito deputado à IX legistura da AN. Em 7.6.1966 toma posse do lugar de Prof. Efectivo da Esc. Ind. e Com. de Bragança. Em 1974 é convidado para inspector adjunto da Inspecção Provincial de Educação de Moçambique. Não aceita. Em 13.8.1974 cessa funções como Director da Esc. Ind. e Com. de Bragança e regressa a Coimbra. Foi louvado pela sua actividade naquele estabelecimento de ensino. Em 1986 é nomeado Director do Gabinete de Audiovisuais da Esc. Sec. de Avelar Brotero (Coimbra).
É, inegavelmente, o autor Transmontano com maior número de obras publicadas, de entre os vivos. A mais representativa, por trabalhosa e importante chama se: Documentos (textos) Publicados, Série Documentos Bibliografia do distrito de Bragança (2 tomos), Bragança (1993), com 544 e 590 págs, respectivamente. No mesmo ano saíram mais 2 volumes: Ministério do Reino (ANTT), 242 pgs. e Desembargo do Paço (Repartição do Minho e Trás os Montes, maços 1 428), 284 págs. Igualmente de 1993 data: Francisco Manuel Alves (Abade de Baçal). Em 1989 saíra: Estudantes do distrito de Bragança no Colégio das artes de Coimbra. Outra bibliografia: Aniversário a relembrar, 1980. Aprendemos a dizer. 1970. Audiovisuais (Os), o ensino da literatura e o Clube de Fotografia e Cinema da Escola Industrial e Comercial de Bragança, 1972. Bacharéis do distrito de Bragança que leram no Desembargo do Paço, 1987. Bibliografia do distrito de Bragança: Francisco Manuel Alves (Abade de Baçal) e Monsenhor José de Castro, 1986. Caranguejolas daqui e dali, 1966. Cartas aos Encarregados de Educação, 1965, 1966, 1967. Cartas de amor populares, 1965. Cartas do Abade de Baçal a José Montanha, 1972. Cartas inéditas do Abade de Baçal, 1965. Contos de espanhóis, carções e ciganos (Parâmio, Bragança), 1981. Da cultura do linho cânhamo em Moncorvo, 1981. E eu a cuidar... 1984. Enquanto se lhe não pode dar mais. Entrevistas, 1970, 1973. Falar (O) de Guadramil, 1 Estudo lexical, 1967. Férias 86, em Vila Arçã, 1986. Foi assim que aconteceu... 1963. Folclore (O) do Parâmio. 1966. Hora (A). 1977, 1978. Imagem (A) e o som no ensino da literatura portuguesa, 1973. Inéditos do Abade de Baçal, 1974. Inquérito (O) linguístico Boléo no distrito de Bragança (ILB). 1987. Intervenções na Assembleia Nacional, 1966, 1967, 1968, 1969. Jogo (O) do pião. Contribuição para o seu estudo. 1971. Mais vale uma hora de sábio... ou O rifoneiro e o ensino.1973. Nomes de lugar, 1959. Novas Caranguejolas daqui e dali, 1973. Para a Bibliografia do distrito de Bragança: Nota prévia. 1981. 1. Manuscritos da Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra. 1981. 2. Manuscritos do Arquivo da Universidade de Coimbra, 1982 1984. ?. Manuscritos do Arquivo Nacional da Torre do Tombo, 1982 1984. 4. Manuscrito , do Gabinete de Estudos de Arqueolo~ .ia e Engenharia Militar, do Arquivo Histórico Militar, do Instituto Geográfico e Cadastral, etc. 1984. Para uma bibliografia do distrito de Bragança, 1972. Parâmio i O). Apontamentos para um Visitante, 1983, 1985. Parâmio (O). Contribuição para o estudo da linguagem e etnografia da região Bragançana. 1961. Parole, Parole, Parole, 1973. Páscoa 87, em Vila Arçã, 1987. Regimento do celeiro comum de Freixo de Espada à Cinta, 1986. Religiosidade (A) do concelho de Bragança vista através da sua toponímia, 1983. Rifoneiro (O) e a alimentação, 1974. Saúde (A) e o rifoneiro de Bragança, 1970. Seara Hoje. (1, 2, 3). 1975, 1976. Um mestre que teima em se desconhecer, 1967. Um mestre que vai colaborar, 1967. Um pequeno curso, uma grande lição. Normas de conduta em sociedade extraídas do rifoneiro regional, 1969. Única (A) maneira, 1981. Verde pino, 1974. Virtude (A) da esperança. 1987.


In i volume do Dicionário dos mais ilustres Trasmontanos e Alto Durienses,
coordenado por Barroso da Fonte, 656 páginas, Capa dura.
Editora Cidade Berço, Apartado 108 4801-910 Guimarães - Tel/Fax: 253 412 319, e-mail: ecb@mail.pt
Preço: 30€

(C) 2005 Notícias do Douro - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Design: Notícias do Douro. Email do Jornal: noticias.do.douro@netc.pt