O Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
Dolce Vita
[ Inquéritos ][ Fórum ][ Farmácias ][ Futebol ][ Agenda ][ Tempo ][ Pesquisa ][ Assinaturas ][ Publicidade ][ Ficha Técnica ][ Horóscopo ]
Transmontanos e Durienses +
Noticias do Douro
Pesquisa
Livro

Transmontanos e Durienses +

C


COELHO, Gonçalo

Nasceu em Chaves, ordenou-se sacerdote e chegou a abade do Mosteiro de Santa Maria das Júnias, em Pitões, do concelho de Mantalegre. Foi nomeado para as funções de pároco de Pitões e de Cela (na Galiza), em 5 de Fevereiro de 1499. Embora natural de Chaves fizera se monge beneditino em Santo Tirso e desde muito novo teve fama de santidade. Exactamente porque morreu enregelado, no dia 2 de Fevereiro de 1501, no caminho entre as duas freguesias, perto da Fonte Fria, em pleno Gerês. Ía rezar missa e iscou bloqueado pela neve e pelo frio. Os paroquianos, logo que deram pela sua falta foram ao encontro dele e ficaram atónitos com o estado em que o encontraram: de joelhos, enterrado na neve, olhos fixos no céu e com os braços em cruz. Levaram no para o Mosteiro, em cujo adro o sepultaram. Durante séculos, muita gente, quer de Espanha, quer de Portugal, ali acorreu para rezar junto ao túmulo. A cabeça do frade santo, ainda no fim do séc. XIX era venerada na igreja daquele ermo convento, hoje em lamentável ruína. Uma tradição local diz que Frei Gonçalo Coelho previra a morte e que a anunciara na véspera, durante a missa. Diz a mesma lenda que os sinos das freguesias que paroquiava (Cela e Pitões) tocaram a finados, sem que alguém o fizesse.


In i volume do Dicionário dos mais ilustres Trasmontanos e Alto Durienses,
coordenado por Barroso da Fonte, 656 páginas, Capa dura.
Editora Cidade Berço, Apartado 108 4801-910 Guimarães - Tel/Fax: 253 412 319, e-mail: ecb@mail.pt
Preço: 30€

(C) 2005 Notícias do Douro - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Design: Notícias do Douro. Email do Jornal: noticias.do.douro@netc.pt