O Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
Dolce Vita
[ Inquéritos ][ Fórum ][ Farmácias ][ Futebol ][ Agenda ][ Tempo ][ Pesquisa ][ Assinaturas ][ Publicidade ][ Ficha Técnica ][ Horóscopo ]
Transmontanos e Durienses +
Noticias do Douro
Pesquisa
Livro

Transmontanos e Durienses +

C


CARVALHO, Carolino do Nascimento

Nasceu em Valtorno, concelho de Vila Flor, em 27.12.1893 e faleceu em 22.6.1979. Entra no Seminário de Fraga, professando em Segóvia a 20 de Setembro de 1911. Estuda Filosofia em Beire, e Teologia em S. Domingos da Calçada. Recebe o presbiterado a 26 de Janeiro de 1929. É então destinado ao Perú, onde obtém a licenciatura em Teologia pela Universidade de Lima. Em 1936 encontra se já a trabalhar na paróquia de Santa Cruz, em Coimbra, comunidade de que é Superior. No ano lectivo de 1938/39 é nomeado Reitor do Seminário de Serém, aonde chegara a 27 de Setembro de 1938. Em Novembro de 1939 segue para Alpendurada, acumulando, em 1940, as funções de Reitor e pároco. Em 1945 é nomeado Ecónomo da Visitadoria portuguesa; em 1947, Superior das Termas de S. Vicente. Em 1948 é Superior da Rua S. Dinis, no Porto. É designado Ecónomo da Rua Nova de 1951 a 1954; 11.° Conselheiro, de 1954 a 1956, acumulando funções de Ecónomo. De 1956 a 1959 desempenha o múnus de 1.° Conselheiro e Ecónomo no Colégio U. Pio XII. De 1959 a 1965 é Superior de Cacém, acumulando o economato no primeiro triénio; Superior de Setúbal, entre 1965 e 1968; 1.° Conselheiro e Ecónomo na dita Casa, de 1968 a 1977. Em 1978 integra se na Comunidade do Pio XII , vindo a falecer, com 86 anos de idade, 68 de Congregação e 50 de sacerdócio. Os restos mortais foram transferidos para o mausoléu do cemitério de Benfica, a 23 de Agosto de 1984. Homem extremamente culto, com qualidades de organização e clarividência. De palavra fácil e apresentação brilhante, encantava pelo tom oratório e selecto. Muito devoto de Nossa Senhora. O feitio um tanto autoritário e a longa permanência em cargos de direcção não lhe granjearam as simpatias que merecia. (Cf. Annales Congregationis, vol. 54, p. 526; Communio, n.º 55, 1979, p.1)


In i volume do Dicionário dos mais ilustres Trasmontanos e Alto Durienses,
coordenado por Barroso da Fonte, 656 páginas, Capa dura.
Editora Cidade Berço, Apartado 108 4801-910 Guimarães - Tel/Fax: 253 412 319, e-mail: ecb@mail.pt
Preço: 30€

(C) 2005 Notícias do Douro - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Design: Notícias do Douro. Email do Jornal: noticias.do.douro@netc.pt