O Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
Dolce Vita
[ Inquéritos ][ Fórum ][ Farmácias ][ Futebol ][ Agenda ][ Tempo ][ Pesquisa ][ Assinaturas ][ Publicidade ][ Ficha Técnica ][ Horóscopo ]
Transmontanos e Durienses +
Noticias do Douro
Pesquisa
Livro

Transmontanos e Durienses +

B


BOBADELA, Condes de

Bobadela é uma freguesia do concelho de Boticas. Pertenceu ao concelho de Monforte do Rio Livre, extinto em 1853. Aí havia minas de volfrâmio e também as minas de ouro, chamadas Poço de Freitas. Em 20.12.1758 D. José I criou o título de conde de Bobadela na pessoa de Gomes Freire de Andrade que nasceu em 1685 e morreu no Rio de Janeiro, em 1763. Foi o 1. ° conde. Era moço fidalgo com exercício, acrescentado a fidalgo escudeiro, do Conselho de D. João V e de D. José 1. Era estudante de Coimbra e entrou na Guerra da Sucessão, de tal maneira que conquistou um alto posto. Em 1733 foi mandado ao Brasil, como governador e capitão general do Rio de Janeiro, tomando posse em 26.7.1733. Aí construiu o palácio do governo, concluído em 1743, o aqueduto da Carioca e a fonte pública da Praça do Carmo. Em 1735 administrou as Minas Gerais, em 1748 acumulou com as funções de administrador das capitanias de Goiás, Cuibá e Mato Grosso. Desenvolveu, a todos os níveis, uma importante acção de desenvolvimento, construindo seminários e outras instituições de formação que tiveram grande impacto no futuro daquele país. Graças a esse esforço de 30 anos o Senado resolveu, em 13.8.1760, descerrar o seu retrato na sala de sessões. Foi 2.° conde de Bobadela, José António Freire de Andrade, irmão do 1.° conde, cujo morgado herdou em 1.1.1763. Nasceu em 22.4.1708, provavelmente em Bobadela, como o irmão e faleceu em 22.4.1784. Foi tenente general do Exército e também foi governador capitão general interino do Rio de Janeiro e de Minas Gerais, em 1758, quando ainda era coronel e governador das armas das Beiras e do Minho. D. Maria I renovou lhe o título que pertencera a seu irmão. Foi 3.° conde Gomes Freire de Andrade que nasceu em 27.7.1744 e faleceu em 28.9.1831. Era filho do 2.° conde e sucedeu ao pai, em 22.4.1784. Foi capitão de cavalaria e fez a Guerra Peninsular. Foi par do reino, em 1826 e comendador de várias comendas da ordem de Cristo.


In i volume do Dicionário dos mais ilustres Trasmontanos e Alto Durienses,
coordenado por Barroso da Fonte, 656 páginas, Capa dura.
Editora Cidade Berço, Apartado 108 4801-910 Guimarães - Tel/Fax: 253 412 319, e-mail: ecb@mail.pt
Preço: 30€

(C) 2005 Notícias do Douro - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Design: Notícias do Douro. Email do Jornal: noticias.do.douro@netc.pt